top of page

Sampaoli diz que empate foi injusto para Atlético e explica substituições no 2º tempo

Após um primeiro tempo praticamente impecável, em que não deixou o Grêmio jogar em Porto Alegre, o Atlético abriu o placar com Hyoran cobrando pênalti e seguiu firme na defesa até os 39 minutos da etapa final, quando sofreu o gol de empate que acabou ficando com gosto de derrota. Para o técnico Jorge Sampaoli, o Galo merecia ter saído de campo com a vitória diante de um adversário muito forte em casa.


“Penso que foi um jogo muito intenso para nós, de inúmeras oportunidades. Poderíamos ter ganhado, jogamos como um time grande. Lamentavelmente não pudemos confirmar a vantagem. O Grêmio em sua casa é muito forte, havia ganhado os sete últimos jogos. A bronca pelo empate não tira o valor do time hoje”, disse.

Apesar de ter menos posse de bola - fato raro com o treinador - o Atlético criou mais chances: foram dez finalizações, sendo quatro no gol. Além disso, pela solidez defensiva apresentada pelo time alvinegro, outra situação inusitada com Sampaoli no comando, o argentino afirmou que o resultado foi injusto: “Acredito que o jogo era para nós, do princípio ao fim”.

No entanto, duas substituições feitas aos 30 minutos do segundo tempo fizeram o Atlético cair de rendimento e atraíram o Grêmio para o campo de ataque, forçando a bobeada do sistema defensivo no gol dos gaúchos. A entrada de Dylan Borrero na vaga de Hyoran foi a mais criticada pelos torcedores, já que o colombiano não conseguiu prender a bola no setor ofensivo. A outra mudança foi Sasha no lugar de Vargas.


Sampaoli justificou a necessidade das trocas. “Era difícil entrar no jogo, mas haviam jogadores muito cansados, sentindo muito a exigência da partida. Acredito que os que entraram se esforçaram, mas em meio a uma partida muito difícil, porque o Grêmio tinha a posse de bola no segundo tempo e isso tornou o jogo mais complicado”, ressaltou.

O treinador disse o que faltou para o Atlético sair com a vitória. “Creio que aproveitar as situações que tivemos no segundo tempo. O merecimento para ganhar foi totalmente do Atlético. E, como disse, tínhamos que fazer alterações, porque o adversário fez cinco mudanças, com jogadores frescos, e nós também tínhamos que modificar, para superar o desgaste da sequência de jogos. Penso que no segundo tempo tivemos ainda mais chances do que no primeiro e lamentavelmente não as convertemos”, finalizou.

Com o resultado, o Atlético se mantém na terceira colocação, com 54 pontos, cinco atrás do agora líder Internacional, que goleou o então primeiro colocado São Paulo, no Morumbi. No entanto, o time alvinegro poderá perder a posição para o Flamengo, que joga contra o Palmeiras nesta quinta, em Brasília. Já o Grêmio segue na sexta posição, com 51 pontos.





Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page