Na balança alvinegra, vaga na fase de grupos da Libertadores é para ser comemorada duplamente

Pelo início da temporada 2020, evitar o rebaixamento na Série A já era lucro para o Atlético. Baseado no rumo que as coisas tomaram após a chegada de Jorge Sampaoli e de mais de uma dezena de reforços, e até mesmo do desenrolar do Brasileirão, o título poderia ser uma realidade. No final das contas, a conquista da vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores 2021 aparece mais como lucro que decepção.

E essa garantia veio no último domingo (21). Primeiro, à tarde, o Galo fez 3 a 2 no Sport, na Ilha do Retiro, em Recife. Logo depois, à noite, o empate por 1 a 1 do Fluminense com o Santos, na Vila Belmiro, transformou em 100% a presença atleticana na fase de grupos do principal torneiro de clubes da América.

Jorge Sampaoli classificou o Atlético para a fase de grupos da Copa Libertadores, mas não tem permanência no Atlético para a temporada 2021 assegurada

Desde 2013, quando teve sua primeira participação na Copa Libertadores neste século, e conquistou o título, o Atlético irá disputar o torneio pela sétima vez, em nove edições.

Indefinição

Com o segundo objetivo no Campeonato Brasileiro alcançado, o Atlético mira agora seu futuro e ele, provavelmente, será sem o técnico Jorge Sampaoli. É praticamente certa a sua saída para comandar o Olympique de Marselha, da França.

Esta situação era uma pressão a mais sobre o Atlético para garantir vaga direta na fase de grupos, pois se tiver mesmo início o trabalho de uma nova comissão técnica na Cidade do Galo, haverá tempo até que o time possa passar a jogar da maneira pretendida pelo novo comandante.

Isso porque a fase de grupos da Copa Libertadores só começa a ser disputada em 21 de abril.

Se tivesse de participar da segunda e terceira fases da competição, buscando vaga num dos oito grupos, o Galo já iniciaria o primeiro dos dois confrontos de mata-mata na semana de 10 de março.

São 40 dias de diferença e tempo suficiente para que o novo treinador alvinegro, caso Jorge Sampaoli deixe mesmo o clube, possa implantar a sua filosofia de jogo no Atlético.

Além disso, haverá espaço para que reforços importantes, como o atacante Hulk e o meia Nacho Fernández, possam se adaptar ao clube, que dependerá muito de ambos na disputa da Libertadores 2021.




Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM