top of page

Galo, com um a menos, perde para o Botafogo no Engenhão e cai para a 12ª posição

O Atlético foi derrotado pelo Botafogo na noite deste domingo (7), por 3 a 0, em jogo que teve a expulsão do zagueiro Igor Rabello com 24 minutos de bola rolando. Essa é a segunda partida consecutiva que o Galo perde um jogador por cartão vermelho e se complica em campo. Na goleada sofrida para o Flamengo, o zagueiro Rômulo foi quem deixou o gramado mais cedo. 

Com o resultado, o Galo caiu para a 12ª posição e chega ao terceiro jogo seguido sem vitórias, sendo um empate, com o Atlético-GO, e as derrotas para os times cariocas. Na próxima quinta-feira (11), o time de Gabriel Milito voltará a atuar na Arena MRV. O Atlético receberá o São Paulo, às 21h30, em jogo válido pela 16ª rodada da competição. 


Para o confronto, Milito terá a volta de Guilherme Arana, que servia a Seleção Brasileira na Copa América, e o zagueiro Rômulo, que cumpriu suspensão diante do Botafogo. Com os reforços disponíveis, o alvinegro buscará mudar os rumos das atuações dentro de casa, já que a única vitória na Arena aconteceu na terceira rodada, quando o time bateu o Cruzeiro.

A preparação para a partida iniciará na manhã desta segunda-feira (8), na Cidade do Galo. 


O jogo 

Os primeiros minutos do confronto foram de equilíbrio das equipes em campo, com os donos da casa tendo uma leve vantagem, mas sem assustar o goleiro Matheus Mendes. Até que aos 11 minutos,  na primeira finalização do Botafogo no jogo, Luiz Henrique dominou e, de fora da área, mandou a bola no canto alto direito de Matheus Mendes, abrindo o placar.  

Pouco tempo depois, Junior Santos por muito pouco não marcou um gol de placa no estádio. O atacante passou como quis pela marcação atleticana e ao finalizar a jogada na grande área, parou na grande defesa à queima-roupa de Matheus Mendes. 

Atrás no placar, a situação do Galo piorou a partir dos 24 minutos, quando Igor Rabello foi expulso por falta em Luis Henrique. O atacante iria sair cara a cara com o goleiro alvinegro e para impedir que isso acontecesse, o zagueiro, ex-jogador do Botafogo, cometeu a falta. 

Em vantagem numérica e no placar, os donos da casa passaram a ter uma maior posse de bola, evitando que o Atlético chegasse com perigo ao gol de John, se mantendo assim até o fim do primeiro tempo. 

Na volta do intervalo, Eduardo colocou Matheus Mendes para trabalhar em bela cobrança de falta. O arqueiro se esticou todo para explorar a bola para a linha de fundo. Pelos lados do Atlético, o time buscou trocar passes até o ataque em busca da igualdade no placar. Aos 7 veio a primeira finalização com Alan Franco arriscando de fora da área, porém, o chute saiu fraco, facilitando a defesa do goleiro carioca. 

Aos 14, o Galo pediu pênalti em possível falta de Damián Suárez em Cadu. O VAR foi acionado e entendeu que a jogada foi normal, concordando com a decisão do árbitro, que não havia mandado o jogo seguir. 

Mesmo com um a menos, o Galo apresentava um melhor futebol que o do primeiro tempo, mas pecando no arremate final. Aos 24, Hulk, em cobrança de falta, acertou o travessão de John. No mesmo minuto, Milito promoveu duas alterações na equipe. Vargas e Palacios entraram nas vagas de Cadu e Paulo Vitor, respectivamente. 

A resposta do Botafogo veio aos 33 minutos, da pior forma possível para o Galo. Após cruzamento da direita de Damián Suárez, Bruno Fuchs tentou cortar, mas a bola sobrou com Cuiabano. O lateral ajeitou no peito e, da entrada da grande área, bateu firme, no canto esquerdo de Matheus Mendes, que nada pôde fazer para evitar o segundo tento do Botafogo na partida. 

Nos acréscimos, Milito mexeu novamente na equipe colocando Vitinho na vaga de Paulinho. Em campo, o lateral-direito viu Savarino promover a "lei do ex" ao  marcar o terceiro do Botafogo, com uma pancada de fora da área no ângulo esquerdo de Matheus Mendes, e dar números finais ao jogo. 

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3X0 ATLÉTICO

Botafogo

John; Damián Suárez, Bastos, Alexander Barboza, Cuiabano; Danilo Barbosa (Tchê Tchê), Marlon Freitas (Gregore) e Eduardo (Savarino); Luiz Henrique (Óscar Romero), Júnior Santos e Tiquinho Soares (Kauê).Técnico: Arthur Jorge 

Atlético

Matheus Mendes; Bruno Fuchs, Igor Rabello, Battaglia; Alan Franco, Otávio, Paulo Vitor (Palacios), Gustavo Scarpa, Cadu (Vargas), Hulk e Paulinho.Técnico: Gabriel Milito

Motivo: 15ª rodada da série BData: 07 de julho de 2024 (domingo)Local: Engenhão, Rio de Janeiro-RJÁrbitro: Rodrigo Klein, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo BernardiVAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do AmaralCartão Vermelho: Igor Rabello (Atlético)Cartões amarelos: Bastos, Tiquinho Soares (Botafogo); Palacios (Atlético)Gols: Luis Henrique, aos 13’, 1º tempo; Cuiabano, aos 35’, Savarino, aos 48’, 2º tempo (Botafogo)




Comentários


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page