top of page

Fifa escolhe Vinicius Júnior para liderar Comitê Antirracismo

O atacante brasileiro Vinícius Junior, de 22 anos, foi escolhido pela Fifa para ser o líder do Comitê Especial Antirracismo que a entidade está formando e que vai contar com outros jogadores. Segundo o presidente da entidade, Gianni Infantino, a intenção é tornar as punições mais severas em episódios de racismo nos estádios e no esporte. Vini Júnior é o jogador mais atacado em jogos do futebol espanhol. Desde a sua chegada ao Real Madrid, foram mais de dez casos de discriminação em partidas, sem contar ações racistas fora de campo.


O caso mais emblemático ocorreu em 21 de maio, no jogo do Real Madrid contra o Valencia, fora de casa. O brasileiro foi chamado de "macaco" por grupos de torcedores fora e dentro do estádio. Revoltado, Vini pediu a paralisação do jogo e não foi levado a sério pela arbitragem, a ponto de ser expulso após se desentender com um jogador do clube rival.


"Pedi ao Vinícius para liderar esse grupo de jogadores que apresentará punições mais rígidas contra o racismo que serão posteriormente implementadas por todas as autoridades do futebol ao redor do mundo", disse Gianni Infantino, presidente da Fifa.




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page