top of page

Cruzeiro pode contar com 'ajuda' do Atlético para escapar do Z4

O Atlético pode ajudar o Cruzeiro nas duas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro enfrentará Corinthians e Goiás em sequência, equipes que, assim como o seu arquirrival, lutam contra o rebaixamento.


Na próxima quinta-feira (9), o Atlético enfrentará o Corinthians, na Neo Química Arena, às 19h (de Brasília), pela 33ª rodada do Brasileirão. O time paulista está na 13ª colocação e tem 40 pontos, três a mais do que o Cruzeiro (37), o 16º.

Se vencer, o Atlético "segura" o Alvinegro de São Paulo, um dos rivais diretos do Cruzeiro na reta final do Brasileirão. Assim como poderia acontecer com o Goiás.

A partida entre Atlético e o time Esmeraldino está marcada para o dia 12 de novembro (domingo), às 18h30, na Arena MRV, na rodada de número 34. O clube goiano é o 17º colocado com 35 pontos, dois a menos que o Cruzeiro.

Baixo rendimento contra times do Z4

Apesar da chance de colaborar com o Cruzeiro, o Atlético teria que melhorar o seu próprio rendimento para se ajudar contra times que lutam na parte de baixo da tabela.


Em sete jogos disputados contra equipes que figuram no Z4, o time comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari conquistou apenas uma vitória. Foram ainda três empates(Goiás e América, duas vezes), e outras três derrotas (Vasco, duas vezes, e Coritiba). O aproveitamento é de 28,57%.

Se vencer os próximos adversários, o Atlético colaboraria com o seu arquirrival. O Cruzeiro, inclusive, agradeceria muito o auxílio, já que pode entrar no Z4 pela primeira vez neste Campeonato Brasileiro.


Cruzeiro pode ir para o Z4 pela primeira vez

Depois de perder por 2 a 1 para o Internacional, o Cruzeiro agora depende do Vasco para não sentir o dissabor da zona de rebaixamento. Caso o Cruz-maltino vença o Botafogo, nesta segunda-feira (6), em São Januário, o time celeste cairá para a 17ª colocação, a primeira dentro do Z4.

Com uma eventual vitória em cima do Alvinegro carioca, o Vasco chegaria aos mesmos 37 pontos do Cruzeiro. No entanto, ficaria à frente no quesito número de vitórias, o primeiro critério de desempate.

“A gente tem que saber viver com esses momentos também, pois a vida não nos reserva só coisas boas. Eu acredito que o ser humano cresce muito principalmente nos momentos de dificuldades e isso está servindo de crescimento para todos nós”, disse o técnico Zé Ricardo, após a derrota para o Internacional.

O treinador cruzeirense sabe que o fator psicológico será muito importante para os seus atletas nesse momento decisivo da temporada.

“Tentar controlar a ansiedade de todos nós, porque a gente não vai conseguir sair dessa situação de qualquer maneira, tem que ser uma equipe estruturada e organizada. Temos que juntar todos os fatores que possam ser positivos para a gente e se preparar bem para jogar em Curitiba e tentar a vitória”, concluiu.




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page