top of page

Cruzeiro perde por 3 a 0 para o Fluminense e é eliminado da Copa do Brasil


O Cruzeiro batalhou, foi intenso, teve apoio da torcida, mas não conseguiu superar o Fluminense na noite desta terça (12) no Mineirão. Os cariocas bateram os mineiros por 3 a 0, com gols de Arias, Cano e Nathan, no segundo tempo. O resultado eliminou a Raposa da Copa do Brasil. A partida foi marcada por muita intensidade. No primeiro tempo, as equipes alternaram domínio nas chances criadas, mas ninguém conseguiu mexer no placar. Precisando da vitória, o Cruzeiro aumentou a pressão na segunda etapa e conseguiu levar perigo ao gol de Fábio algumas vezes. Contudo, o Fluminense equilibrou a partida e abriu o placar. Depois de levar o gol, a Raposa se lançou ainda mais ao ataque. Mesmo "no abafa", o Cruzeiro não conseguiu marcar e foi superado, dentro de casa, pela equipe tricolor. O Fluminense aproveitou a situação do jogo e não perdeu mais a liderança. Em jogada de contra-ataque, Cano recebeu lançamento na área e marcou o segundo aos 39 da segunda etapa. Nathan, aos 46, deu números finais à partida. A torcida do Cruzeiro novamente fez uma bela festa no Mineirão. Diante do Fluminense, registrou a maior presença num jogo como mandante em 2022: 58.844 presenciaram o jogo pela Copa do Brasil. O jogo Fluminense chegou com perigo logo nos dois minutos. Caio Paulista foi travado por Rafael Cabral e na sequência, Arias tentou finalizar mas foi bloqueado por Willian Oliveira, que se jogou na bola. O volante caiu por cima do ombro e saiu lesionado ainda no início da partida. O jogo passou a ser disputado de maneira mais física, mas o Fluminense comandava as ações ofensivas. Aos 11 minutos, Ganso lançou Matheus Martins que finalizou de dentro da área para boa defesa de Rafael Cabral. A primeira boa chance do Cruzeiro surgiu com Edu. Bidu fez lançamento para o atacante cruzeirense que finalizou obrigando Fábio a fazer boa defesa. Ao final da ação ofensiva, a arbitragem marcou impedimento. O lance deu confiança ao Cruzeiro na partida. Apostando nas transições rápidas, a equipe conseguia se impor um pouco mais e equilibrar o jogo. Em cruzamento, Vitor Leque parou em Fábio após cabeçada dentro da área. Depois disso, as equipes não tiveram chances claras de gol. As equipes tinham a bola na intermediária, mas as jogadas não evoluíam pela força da marcação adversária ou por erros da equipe com a bola. O Cruzeiro iniciou o segundo tempo pressionando em busca do gol que tiraria a vantagem dos cariocas. A equipe celeste dominou os quinze minutos do reinício do jogo e seguia marcando com intensidade o adversário. O jogo foi sendo equilibrado pelo Fluminense e, aos 25 minutos, conseguiu abrir o placar. Arias recebeu bom passe de Cano, invadiu a área e marcou um belo gol encobrindo Rafael Cabral. Wagninho, na sequência, perdeu chance de empatar o jogo dentro da pequena área. O Fluminense passou a jogar no contra-ataque e, assim, criou a jogada do segundo gol. Felipe Melo fez lançamento para Martinelli que, pelo lado direito, conseguiu fazer boa jogada e cruzar na área. Cano, livre, finalizou com perfeição e estufou as redes do Mineirão. Aos 46 minutos, Nathan roubou a bola no campo de ataque, invadiu a área e marcou o terceiro gol. FICHA TÉCNICA CRUZEIRO 0 X 3 FLUMINENSE CRUZEIRO: Rafael Cabral; Leo Pais (Daniel Jr), Lucas Oliveira, Eduardo Brock, Matheus Bidu; Machado, Willian Oliveira (Pedro Castro), Adriano (Rômulo); Luvannor, Vitor Leque (Wagninho) e Edu (Rafa Silva). Técnico: Paulo Pezzolano FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier (David Duarte), Nino, Manoel, Caio Paulista; André, Nonato (Martinelli), Ganso (Felipe Melo); Matheus Martins (Nathan), Arias, Cano (Alexandre Jesus). Técnico: Fernando Diniz Motivo: Jogo de volta das Oitavas de Final da Copa do Brasil Data e horário: 12 de julho de 2022 (terça), às 21h (de Brasília) Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG) Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP) Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Alex Ang Ribeiro (SP) VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA/SP) Cartões amarelos: Adriano (CRU), Machado (CRU); André (FLU) Cartão vermelho: Paulo Pezzolano (CRU) Gols: Arias (FLU), aos 25'/2ºT; Cano (FLU), aos 39'/2ºT; Nathan (FLU), aos 46'/2ºT;



Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page