Cruzeiro: Justiça dá cinco dias para clube pagar R$ 8 milhões à União; há risco de penhora

A Justiça determinou nessa terça-feira (12) que o Cruzeiro pague R$ 8 milhões à União em até cinco dias. O valor é referente a uma dívida de FGTS e, se não for depositado, o clube pode ter bens penhorados e contas bancárias bloqueadas. A Raposa pode recorrer da decisão.


O montante é cobrado pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, pela falta de pagamentos de FGTS pelo Cruzeiro entre 1994 e 2015.

Em nota, o Cruzeiro afirmou que ainda não foi notificado. "O Departamento Jurídico do Clube tem monitorado todas as ações, inclusive esta, e tomará as medidas necessárias no momento oportuno."

Esse é o quarto problema com o qual o clube passa a conviver nesta semana. Na segunda-feira (11) surgiu a informação de que o zagueiro Dedé entrou na Justiça contra o clube pedindo R$ 35 milhões e a rescisão contratual. No dia seguinte veio a notícia de que o volante Jadson também entrou com uma ação pedindo o rompimento do vínculo, o que foi negado pelo Judiciário.

Na noite dessa terça-feira (12), uma nova consequência da crise financeira: em protesto contra a falta de pagamento de salário, o elenco decidiu não se concentrar para o jogo contra o Oeste, que será disputado nesta quarta (13).




Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM