top of page

Cruzeiro enfrentará maratona com maioria de jogos fora de casa até fechar 2020

Se no empate contra o CRB o cansaço pesou no desempenho do Cruzeiro, segundo argumentou o técnico Luiz Felipe Scolari em coletiva concedida logo após o confronto dessa terça, a Raposa tem um grande desafio pela frente.


A equipe celeste terá uma maratona de jogos até o fim deste ano. E mais um fator pode influenciar o desempenho do time: três dos próximos quatro jogos serão fora de casa, com longas viagens. Serão quatro jogos em 11 dias. A maratona começa no próximo sábado (12), quando a Raposa enfrenta o Vitória, no Barradão. São cerca de 1.413 km de Belo Horizonte à Salvador. Depois, no dia 15 de dezembro, a equipe celeste volta à BH, onde enfrenta o CSA, na Arena Independência. Após voltar para a capital mineira, o Cruzeiro viaja até Florianópolis, mais 1.286 km, aproximadamente, para enfrentar o Avaí, no dia 18 de dezembro. E para fechar a sequência de partidas, a Raposa vai até Campinas, mais 580 km, onde joga contra a Ponte Preta no dia 22.

Depois de pegar a Macaca, finalmente a equipe de Felipão terá um respiro, já que após o jogo do dia 29 contra o Cuiabá, no Independência, os jogadores terão uma folga ainda maior e só farão outra partida no dia 8 de janeiro, contra o Sampaio Corrêa, em São Luís.


Histórico favorável A Raposa pode apostar no bom retrospecto fora de casa para tentar vencer o cansaço e se recuperar no Campeonato Brasileiro Série B. Nas últimas 10 rodadas, o Cruzeiro fez cinco jogos fora de casa e não perdeu nenhuma das partidas: foram dois empates e três vitórias.

Além disso, a equipe celeste é a terceira melhor da competição como visitante, com 22 pontos em 13 jogos. Foram seis vitórias, quatro empates e três derrotas, resultando em 56.41% de aproveitamento.






Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page