top of page

Comissão de Arbitragem da FMF vê acerto na marcação do pênalti para o Atlético contra o Cruzeiro

O árbitro Igor Junio Benevenuto acertou ao marcar pênalti do zagueiro Oliveira, do Cruzeiro, no atacante Hulk, do Atlético, no clássico desse domingo (6), no Mineirão, avaliou a Comissão de Arbitragem da Federação Mineira de Futebol (FMF). Assinalada aos 38 do segundo tempo, a penalidade abriu caminho para a vitória alvinegra, por 2 a 1, de virada.

"É um lance muito difícil. Vários comentaristas de arbitragem do Brasil inteiro têm opiniões diversas, mas a Comissão, após ver e rever o lance, por vários ângulos, chegamos à conclusão de que o árbitro acertou", afirmou à Itatiaia o presidente da Comissão de Arbitragem da FMF, Juliano Lopes Lobato, nesta segunda-feira (7).

"O atleta do Cruzeiro dá um carrinho na área, de forma imprudente, acertando o atleta do Atlético. E dentro da área, é pênalti. Por isso a comissão de arbitragem entende que o árbitro e todo o quinteto de arbitragem fizeram um bom trabalho ontem no Mineirão", prosseguiu. Juliano também elogiou a parte "técnica e disciplinar" de Benevenuto.


Reclamação celeste

O Cruzeiro segue na bronca com a arbitragem nesta segunda-feira. Em postagem nas redes sociais, o clube voltou a alfinetar o rival sugerindo não precisar de "interferência de arbitragem". “Vítor Roque, de apenas 17 anos, marcou no clássico e está voando! Confira o gol que não precisou de interferência da arbitragem”, escreveu ao compartilhar o gol celeste na partida.

Ronaldo Fenômeno, sócio majoritário do clube celeste, também se queixou da arbitragem. "Infelizmente a arbitragem interferiu mais uma vez diretamente no resultado. Seguimos contra tudo e contra todos querendo um campeonato melhor e mais justo", escreveu em publicação nas redes sociais após o jogo.


O técnico Paulo Pezzolano é outro que expôs insatisfação com a arbitragem do clássico. "Sou uruguaio e nunca vi isso na minha vida, em nenhuma parte do mundo. Pode errar um jogo? Pode errar. Mas errar em todo jogo e marcar esse pênalti? É incrível”, disse.

Não é a primeira vez que o Cruzeiro fica na bronca com a arbitragem em um jogo do Campeonato Mineiro. Também já havia questionado o apito nas partidas contra América (derrota por 2 a 0) e Villa Nova (empate por 2 a 2).




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page