top of page

Brasil x Argentina: relatórios são enviados à Fifa, que promete decisão em 'devido tempo'

A Fifa, por meio de nota oficial divulgada nesta segunda-feira (6), disse ter recebido "os primeiros relatórios oficiais" da partida entre Brasil e Argentina, suspensa pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) minutos após o início, após quatro atletas argentinos descumprirem as regras sanitárias brasileiras de enfrentamento à covid-19.


"As informações serão analisadas pelos órgãos disciplinares competentes e uma decisão será tomada no seu devido tempo", informou a entidade máxima do futebol, responsável pela administração das Eliminatórias da Copa do Mundo.

A entidade também disse lamentar o caso. "A Fifa lamenta as cenas anteriores à suspensão da partida entre Brasil e Argentina que impediram milhões de torcedores de desfrutar de uma partida entre as duas das mais importantes nações do futebol no mundo", diz o comunicado.

Jogo interrompido

A bola chegou a rolar para Brasil e Argentina na Neo Química Arena. Contudo, com auxílio da Polícia Federal (PF), a Anvisa interrompeu a partida aos 5 minutos do primeiro tempo. A ação foi motivada pela presença de quatro jogadores da Argentina (três deles titulares) que não cumpriram as regras sanitárias ao entraram em território brasileiro e, por isso, não poderiam jogar.


A operação seria realizada no vestiário, mas a delegação argentina se trancou no local e afirmou que iria embora caso alguém entrasse no local.

Mentiras, declarações falsas e desrespeito às leis brasileiras são algumas das acusações que pesam contra a seleção da Argentina; do outro lado, circula a informação de um acordo entre Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Associação de Futebol Argentino (AFA), Conmebol e até funcionários da Anvisa para permitir que os atletas disputassem a partida.




Commenti


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page