top of page

Brasil encara a Suíça com mais força defensiva no seu primeiro desafio sem a estrela Neymar

Uma dúvida na lateral direita, um meio-de-campo reforçado e a possibilidade de classificação antecipada às oitavas de final. Este é o enredo da Seleção Brasileira na partida desta segunda-feira (28), contra a Suíça, às 13h (de Brasília), no 974 Stadium, pela segundo rodada do Grupo G da Copa do Mundo do Catar.


As lesões de Neymar e Danilo na partida de estreia, quando o Brasil fez 2 a 0 na Sérvia, no Lusail Stadium, no último dia 24, obrigam o técnico Tite não só a mudar sua equipe, mas a também alterar o esquema de jogo.

Isso porque no lugar do camisa 10 entra o volante Fred, o que faz a engrenagem do meio-de-campo brasileiro mudar, ganhando em poder de marcação e obrigando Lucas Paquetá a atuar mais adiantado, abastecendo o trio ofensivo formado por Raphinha, Richarlison e Vinícius Júnior.

Pela análise de César Sampaio, auxiliar de Tite, isso é um ponto de certa forma positivo, pois no ultimo domingo ele destacou exatamente a qualidade do meio-de-campo suíço.

Na lateral direita, Daniel Alves é o reserva imediato de Danilo, mas a entrada do zagueiro Éder Militão aparece como a possibilidade mais real.

Convocação mais polêmica de Tite, pois já são mais de dois meses sem jogar uma partida oficial e aos 39 anos ele pode ser o jogador mais velho a jogar pela Seleção num Mundial, Daniel Alves foi bancado pela comissão técnica, mas não é uma certeza.

Militão dá mais força defensiva ao Brasil. Além disso, reforça o jogo aéreo, embora isso fosse uma preocupação maior na estreia, contra a Sérvia.


De toda forma, a opção por ele criará questionamentos em relação à convocação de Daniel Alves, o que poderá ser mais um problema para Tite e a comissão técnica administrarem, principalmente se o Brasil não vencer a Suíça.

São vários os enredos possíveis do confronto da Seleção com a Suíça nesta segunda-feira. E tudo o que o Brasil espera é que o final seja feliz.

A FICHA DO JOGO

BRASIL: Alisson; Daniel Alves (Éder Militão), Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Raphinha, Richarlison e Vinícius Júnior. Técnico: Tite

SUÍÇA: Sommer, Widmer, Akanji, Elvedi e Ricardo Rodríguez; Freuler, Xhaka, Shaqiri, Sow e Rubén Vargas; Embolo. Técnico: Murat Yakin.

DATA: 28 de novembro de 2022

MOTIVO: segunda rodada do Grupo G da Copa do Mundo

ESTÁDIO: 974

ARBITRAGEM: Ivan Barton (El Salvador), auxiliado por David Moran (El Salvador) e Zachari Zeegelaar (Suriname)

VAR: Drew Fischer (Canadá)




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page