top of page

Baccheretti: Minas se prepara para 3ª onda e atrasos ameaçam vacinação de adultos até o fim de 2021

O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, concedeu nesta segunda-feira (17) para tratar da situação da pandemia da covid-19. Na participação, ele reafirmou que Minas possui doses suficientes da Coronavac para colocar todos os atrasados em dia e que a aplicação, agora, depende dos municípios, “que operacionalizam e aplicam as vacinas”. Outro assunto tratado foi a possibilidade de terceira onda da covid-19 em Minas Gerais. Baccheretti diz que o estado se prepara, com medidas como ampliação de leitos. “Temos que estar [preparados]. Quando eu entrei na secretaria, pegamos um momento difícil, e agora os óbitos estão abaixando”, destacou. Apesar da ampliação das unidades de atendimento hospitalar, ele pontua: “Existe limite de leitos por recursos humanos, o sistema de saúde tem seu limite. Então a participação da população é essencial”. Mineiros vacinados até o fim do ano O cronograma de entrega de vacinas contra covid-19 do Ministério da Saúde prevê todos os mineiros que têm acima de 18 anos imunizados até o fim deste ano. Contudo ele se diz preocupado com atrasos do governo federal. “Todo mês a gente vê diminuição do que é previsto. Estamos nesta expectativa. Espero que isso aconteça. É previsto que consigamos vacinar todos até o fim do ano”, destacou. Ele cita, ainda, preocupação com as dificuldades de produção da Coronavac, mas valoriza o novo acordo firmado com a farmacêutica norte-americana Pfizer para entrega de 100 milhões de doses em setembro.







Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page