top of page

Baccheretti demonstra otimismo com vacinação de crianças de cinco a 11 anos ainda em 2021

O secretário de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, em entrevista nesta quinta-feira (4), citou que quantidade de vacina não será empecilho para vacinar o público de cinco a 11 anos contra a covid-19.


Para isso, no entanto, a farmacêutica norte-americana Pfizer precisa pedir à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorização opara uso da vacina Cominarty na faixa etária. O imunizante já tem autorização para uso em adolescentes.

"A expectativa é positiva. No Brasil, são 20 milhões de crianças de cinco a onze anos, cerca de 2 milhões em Minas Gerais. E há vacina suficiente. Só até o fim do ano devem chegar cerca de 80 milhões de doses da Pfizer ao país", ressalta.

Como a vacina já está disponível para todos os adultos, que já completam a segunda dose, e os adolescentes já iniciaram a vacinação, os imunizantes serão basicamente destinados a doses de reforço e, com isso, seria número suficiente para vacinar crianças.

Avanço da vacinação

Na entrevista, Baccheretti também comemorou o avanço da vacinação. De acordo com ele, devido à demora no registro das informações, o número de imunizados com as duas doses deve ser superior ao informado, inclusive, pelo vacinômetro da Secretaria de Estado de Saúde.


Conforme a pasta, 15.982.819 pessoas receberam a primeira dose no estado (88,2% da população acima de 12 anos); 11.297.691 receberam as duas dose e 491.043 a vacina de dose única (65,11% da população acima de 12 anos).



Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page