top of page

Atlético entra com Notícia de Infração contra árbitro de duelo com Palmeiras

O Atlético entrou com Notícia de Infração no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra o árbitro Rodrigo José Pereira de Lima (CBF-PE). O clube reclama das decisões da arbitragem na derrota de goleada por 4 a 0 para o Palmeiras, na última segunda-feira (17), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi disputado na Arena MRV, em Belo Horizonte.

Algumas decisões da arbitragem no jogo motivaram a reclamação da parte atleticana, mas um lance em específico se destacou: a expulsão do atacante Hulk, após dois cartões amarelos por reclamação, aos 30 minutos do primeiro tempo, quando o Galo perdia por 1 a 0.


Notícia de infração

Para que haja um processo para análise e eventual punição de conduta que não condiz com as normas da Justiça Desportiva, há uma ferramenta chamada ‘Notícia de Infração’, que é levada à Procuradoria.

Se houver entendimento de infração desportiva, o procurador oferecerá denúncia e dará início ao processo. No cenário oposto, quando não há indícios de infração, acontece o arquivamento.


Súmula de Rodrigo José Pereira de Lima

Na súmula do duelo Atlético x Palmeiras, o árbitro Rodrigo José Pereira de Lima (Fifa-PE) justificou os dois cartões amarelos aplicados a Hulk.

PUBLICIDADE

Conforme o documento oficial do jogo, divulgado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o árbitro relatou na súmula que, aos 31 minutos do primeiro tempo, Hulk recebeu o primeiro cartão amarelo após dizer “Apita logo, c**".

Já com relação ao segundo amarelo e, consequentemente, o cartão vermelho, Rodrigo José Pereira de Lima relatou que o camisa 7 do Galo o questionou sobre o motivo do cartão e que Hulk ainda o “empurrou com o dedo indicador de forma ofensiva”.

Aos 31 minutos do primeiro tempo, expulsei do campo de jogo com a aplicação do segundo cartão amarelo o sr. Givanildo Vieira Souza, n° 07 da equipe do Atlético Mineiro Saf, após receber cartão amarelo por reclamação, o mesmo partiu em minha direção de maneira acintosa, ficando face a face comigo e gritando de forma desrespeitosa as seguintes palavras: ‘Me diz o porquê do cartão, me diz o porquê’. Após ter sido expulso o mesmo empurra meu rosto com o dedo indicador de forma ofensiva e se negando a sair do campo de jogo. Quando o jogador decidiu deixar o campo de jogo proferiu a seguinte frase em direção ao árbitro: ‘Filho da puta’ com isso a partida ficou paralisada por 03 minutos”.

Ao deixar o campo de jogo, Hulk se dirigiu a uma das câmeras posicionadas no campo de jogo e questionou a decisão da arbitragem.

“Você está gravando? Pergunta por que eu tomei o primeiro amarelo e ele me deu o segundo. Já é a segunda vez que ele me expulsa. Eu coloquei a mão para trás e perguntei por que ele me deu amarelo. Agora, pode pegar câmeras, áudio, tudo. Isso é demais. Isso é impossível”, gritou o atacante.




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page