top of page

Atlético encara o Santos em busca da primeira vitória contra paulista

O Atlético busca diante do Santos nesta quarta-feira (5), às 21h30, na Vila Belmiro, o fim de uma escrita inédita no Brasileirão por pontos corridos: não vencer um time paulista numa edição. Os dois clubes se enfrentam pela 30ª rodada da Série A.


Será o oitavo jogo do Galo contra uma equipe de São Paulo em 2022 e o retrospecto até agora é desastroso, com quatro empates e três derrotas em sete partidas. Além do Peixe, o time de Cuca ainda encara, sempre como visitante, São Paulo e Corinthians.


O aproveitamento de apenas 19% é o pior do Atlético desde 2003, inferior ao de 2011, quando o clube alvinegro lutou contra o rebaixamento e conquistou apenas 25% dos pontos conquistados contra os paulistas, que naquele ano foram apenas os chamados quatro grandes: Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo.

Há 11 anos, o Galo venceu dois jogos e perdeu seis dos oito disputados contra clubes de São Paulo.

Curiosamente, Cuca fez parte dessa história. Quando chegou à Cidade do Galo pela primeira vez, para salvar o clube do rebaixamento, eram cinco jogos contra paulistas e cinco derrotas.

Foi sob seu comando que a escrita foi quebrada em 2011, com um 2 a 1 justamente sobre o Santos, em 13 de outubro, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Se bater o Peixe em seu estádio nesta quarta-feira, o Atlético pula dos 19% atuais de aproveitamento para 29%, superando a marca de 2011.

Queda

O péssimo desempenho contra paulistas em 2022 contrasta com o ótimo aproveitamento diante deles na campanha do título brasileiro do ano passado.


No Brasileirão de 2021, o Galo também teve Bragantino, Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo como adversários.

Nas dez partidas contra eles, foram seis vitórias, três empates e apenas uma derrota, justamente para o Peixe, na Vila Belmiro.

Em 2021, o Atlético alcançou seu melhor aproveitamento contra adversários paulistas na Série A por pontos corridos, conquistando 70% dos pontos disputados contra os cinco clubes do estado vizinho.

Jejum

O jejum de sete jogos sem ganhar de paulistas na Série A não é o maior do Atlético numa edição da competição. Em 2004, ano em que escapou do rebaixamento na última rodada, vencendo justamente o São Caetano, por 3 a 0, no Mineirão, o Galo não ganhou suas 11 primeiras partidas contra equipes de São Paulo.

Foram apenas duas vitórias em 14 confrontos, num ano em que o futebol paulista teve sete representantes na elite, que contou com 24 clubes.


Vila Belmiro

Encerrar a escrita diante dos paulistas nesta Série A teria significado duplo para o Atlético nesta quarta-feira. Isso porque o Galo não supera o Peixe, em seu estádio, desde 2009.

Naquele ano, em 21 de junho, os atleticanos fizeram 3 a 2, de virada, em partida que teve o placar aberto pelo então garoto Neymar.

Depois deste confronto foram 11 jogos entre os dois clubes, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão. São dez vitórias santistas e um empate, registrado há dez anos, na edição de 2012, por 2 a 2.

Nos últimos oito jogos que disputou no estádio do Santos, o Atlético saiu de campo derrotado.

No jogo do primeiro turno, Atlético e Santos empataram por 1 a 1, no Mineirão, resultado que jogou pressão sobre o técnico Turco Mohamed, que comandava a equipe na época




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page