top of page

Atlético e América empatam no Independência e desperdiçam chance de colar no G4

América e Atlético até tentaram, mas o clássico mineiro pelo Brasileirão terminou empatado no Independência, em Belo Horizonte, na tarde deste domingo (28). O Galo saiu na frente com gol de falta de Hulk, ainda no primeiro tempo, mas Henrique Almeida igualou o marcador minutos depois.

Com o empate, o América chegou aos 32 pontos, se mantendo na 10ª posição mas com risco de ser superado por Bragantino e São Paulo. O Galo, por sua vez, chegou a 36 pontos, e segue em 7º na tabela, mas pode ser superado pelo Santos na rodada.


Os primeiros 45 minutos foram marcados pela superioridade do Atlético. Apesar da posse de bola equilibrada, o Galo pressionou mais, finalizou mais e criou mais perigo que o América, o que foi convertido em gol logo nos primeiros minutos.


Aos 9', Hulk achou Pavón no campo de ataque em passe profundo, mas o argentino sofreu falta na intermediária americana. Hulk soltou uma bomba no canto do goleiro Cavichioli, que falhou e não conseguiu tocar na bola. Depois do gol, o América ameaçou reação, e começou a chegar com mais frequência, mesmo que sem perigo.


Dez minutos depois, em jogada de ataque, Lucas Kal acionou Juninho, que conseguiu leve desvio para desmontar a defesa atleticana. Henrique Almeida saiu livre na cara do gol, e chutou no canto esquerdo de Everson para empatar o clássico.


O primeiro tempo poderia ter acabado com vantagem do Coelho, depois que o VAR acionou o árbitro para confirmar toque de mão de Réver dentro da área, após cabeçada de Ricardo Silva. Henrique Almeida chamou a responsabilidade, mas parou no goleiro Éverson, que pulou para o canto direito e fez grande defesa.


A segunda etapa, entretanto, começou truncada e sem emoções, bem diferente do primeiro tempo. Foram menos chances criadas e mais faltas, o que parou bastante o jogo nos primeiros dez minutos. Porém, as substituições de Mancini e Cuca ajudaram a retomar ações mais efetivas, que ofereciam algum perigo.


Além da defesa de pênalti, Everson foi decisivo com ao menos duas defesa importantes, uma em cada tempo. Nos minutos finais, o Atlético praticamente dominou as ações de ataque, mas o placar se manteve inalterado até o apito final.


AMÉRICA 1X1 ATLÉTICO


América: Matheus Cavichioli; Cáceres (Patric), Éder, Ricardo Silva e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Martinez (Matheusinho); Felipe Azevedo (Pedrinho), Everaldo (Aloísio) e Henrique Almeida (Wellington Paulista). Técnico: Vágner Mancini.


Atlético: Éverson, Mariano, Junior Alonso (Nathan Silva), Réver e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho (Nacho Fernandez); Pavón (Keno), Ademir (Pedrinho (Rubens)) e Hulk. Técnico: Cuca.

Gols: Hulk (9' 1T); Henrique Almeida (18' 1T)


Cartões Amarelos: Éder, Henrique Almeida, Juninho, Pedrinho (América); Allan, Junior Alonso, Hulk, Keno (Atlético)

Cartões Vermelhos: ---


Motivo: 24ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: domingo, 28 de agosto de 2022

Horário: 16h00

Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)


Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA/RS) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Rafael Traci (SC)

Quarto árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page