top of page

Aproveitamento do Atlético, com Cuca, é de time da zona de rebaixamento

Quem diria que o técnico Cuca, supercampeão com o Atlético em 2021, e contratado para salvar o time em 2022, diante do péssimo rendimento no Brasileiro e na Copa do Brasil, com Turco Mohamed, teria um aproveitamento tão ruim ?

São números que estão abaixo da crítica. Sob o comando do treinador, até agora, foram 11 partidas: cinco derrotas (Inter 3 x 0), (Athletico 3 x 2), (Goiás 1 x 0), Avaí (1 x 0) e (Palmeiras 1 x 0); quatro empates (América 1 x 1), (Bragantino 1 x 1) e (2 x 2 e 0 x 0 contra o Palmeiras, na Libertadores); e apenas duas vitórias, ambas fora de casa (1 x 0 contra o Coritiba) e (2 x 0 sobre o Atlético-GO).


Fazendo as contas, o aproveitamento de Cuca, na sua volta ao Galo, é de 30,3%, menor do que o de dois times que estão no Z-4 no Brasileirão: o 19º colocado Atlético-GO (26,19%) e o lanterna Juventude (22,62%). O time não vence em casa há mais de três meses e o treinador, apesar de a diretoria dizer que pretende contar com ele em 2023, começa a ser questionado, inclusive pelos 4 R’s (Rubens Menin, Rafael Menin, Ricardo Guimarães e Renato Salvador), os mecenas que investiram dinheiro pesado nas contratações do Atlético.

Em recente entrevista, depois da derrota para o Avaí, Ricardo Guimarães, que será o futuro presidente do Conselho Deliberativo do clube, afirmou que o trabalho do técnico não está dando liga. Depois daquele jogo, o aproveitamento do treinador era de 33%. ‘’Gostaríamos que o Cuca ficasse, é um ótimo técnico. Mas precisamos esperar. Não que o Cuca precise provar alguma coisa, mas se não tiver dando a liga, não adianta querer insistir. A gente tem que ver que o próprio Cuca falou, depois do jogo, que ele precisa mexer o doce. Ele precisa mudar essa situação, ele mesmo qualificou a apresentação do Atlético contra o Avaí como "horrível". O desempenho de 33% é muito baixo’’ disse Guimarães.


Após a derrota para o Palmeiras, na última quarta-feira, Cuca disse concordar com Ricardo Guimarães e acredita que, mesmo nesse momento, é possível que a diretoria e a comissão técnica tirem lições para evitar que essa situação continue ou se repita no ano que vem. ‘’É um ano ruim pro Galo, mas já tiveram anos piores. Cabe ao Rodrigo (Caetano), ao Cuca, aos 4 R’s tirar lições disso pro futuro, saber o que que tem de ser melhorado pro ano que vem, que tem a estreia do estádio e não fazer uma catástrofe. É isso que a gente quer fazer, acabar o ano, os 10 jogos que faltam, não vai ser campeão, mas acabar da melhor forma possível. Depois, acabou o ano aí, se os números estiverem ruins, faz-se a mudança, isso é natural na vida, eu concordo com ele (Ricardo Guimaraes)’’.

O treinador atleticano afirma que não adianta ficar tentando achar culpados pelo baixo rendimento do time e espera que a má fase termine diante do Fluminense, no próximo sábado, às 15h, no Mineirão. ‘’Os meus números são ruins ? Você tem toda a razão em questionar o trabalho, mas você vai fazer o quê ? Se eu vier aqui e achar culpados é pior, eu tenho que resolver internamente. Quem sabe no sábado a gente faça diferente, pelo menos o resultado ?’’

Cuca disse que não dá tempo e nem é preciso mais muito treinamento, antes do jogo contra o tricolor carioca. ‘’Treinamento pouco, porque eles já treinaram demais. Agora tem que jogar, ganhar jogo, sábado a gente tem que vencer, organização como a gente teve no primeiro tempo (contra o Palmeiras), buscar a vitória’’.




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page