top of page

América segue a passos largos para ter a pior campanha da história do clube na série A

Rebaixado com seis rodadas de antecedência, o time americano está prestes a entrar para a história do clube como o pior que já disputou a série A. Com a derrota para o Flamengo no domingo (26), o Coelho agora terá que vencer as três últimas partidas da competição para superar os 28 pontos alcançados em 2016, até então, o pior ano.

Com apenas 21 somados, em 35 disputados, o Alviverde chegaria aos 30 na quarta-feira da próxima semana, 6 de dezembro, quando encerrará a competição. Serão duelos contra o Palmeiras, que briga pelo título, contra o Bahia, que luta contra o rebaixamento, e contra o Goiás, que poderá chegar já rebaixado ou com chances remotas de permanência.


O grande problema é que, de acordo com o técnico interino Diogo Giacomini, além dos adversários complicados, o elenco está com o psicológico abalado.“Estamos em um momento em que a parte anímica, psicológica importa muito. Durante o campeonato, fomos uma equipe que tomou muitos gols…Precisamos de homens para fazer os três jogos e terminar com dignidade”, disse Giacomini.

Uma das alternativas para conseguir motivar o grupo é a situação contratual de vários atletas. O comandante acredita que, como tem jogadores com situações diferentes no clube, “todos precisam estar com a chama individual e vontade de mostrar que tem condição de ficar e vestir a camisa do América”.


Diogo Giacomini terá apenas dois dias para montar a equipe que entrará em campo na quarta-feira (29), às 21h30, contra o Palmeiras. Para o duelo, o treinador terá o reforço de Juninho, que cumpriu suspensão contra o Flamengo. E como já havia afirmado, o comandante seguirá dando oportunidades para os jovens atletas da base que buscam se firmar na equipe na próxima temporada.




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page