top of page

América encerra Libertadores com derrota para o Del Valle e sem vaga na Sul-Americana

O América se despediu da Libertadores sem vencer uma partida sequer na fase de grupos. Eliminado com uma rodada de antecedência, o time alviverde ainda tinha chance de uma vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, desde que ganhasse do Del Valle por dois ou mais gols de diferença nesta quarta-feira (25). Mas aconteceu o contrário: perdeu por 3 a 0, no estádio Banco de Guayaquil.

O Coelho encerrou sua participação nesta etapa com apenas dois pontos conquistados em 18 disputados: dois empates, quatro derrotas, seis gols marcados e 13 sofridos. O único triunfo da equipe na competição foi na segunda fase, quando fez 3 a 2 sobre o Guaraní, do Paraguai, no embate de volta.


Agora, o Alviverde volta suas atenções para seu objetivo principal na temporada, o Campeonato Brasileiro. No domingo (29), às 18h, visita o Corinthians, na Neo Química Arena, pela oitava rodada. O time mineiro é o nono colocado da Série A, com dez pontos.

O jogo

O América foi amplamente dominado pelo Del Valle no primeiro tempo. Ofensivamente, o Coelho pouco agrediu. Na verdade, não levou perigo ao gol adversário. Em termos defensivos, deu muitos espaços aos equatorianos. A combinação desses elementos resultou em dois gols a favor dos donos da casa, primeiro com Sornoza, aos 16 minutos, depois com Gaibor, aos 42.

Publicidade

O Del Valle continuou a ditar as regras na segunda etapa. Aos 28, chegou ao terceiro gol com Chávez. Como o Atlético não conseguiu bater o Tolima, os equatorianos acabaram eliminados e vão disputar a Sul-Americana. Ao América, valeu a experiência em disputar uma Libertadores.

FICHA TÉCNICA

DEL VALLE 3 X 0 AMÉRICA

Del Valle Ramírez; Ordoñez, Schunke e Segovia; Perlaza (Vargas), Ortíz, Pellerano (Marco Angulo), Gaibor (Cabezas), Sornoza e Chávez; Bauman (Ayoví) Técnico: Renato Paiva América Jailson; Patric (Cáceres), Maidana, Éder e Marlon; Lucas Kal, Rodriguinho e Alê (Zé Ricardo); Felipe Azevedo (Gustavo), Aloísio (Kawê) e Henrique Almeida (Carlos Alberto) Técnico: Vagner Mancini Motivo: 6ª rodada do grupo D da Copa Libertadores Data: 25 de maio de 2022 (quarta-feira) Local: Banco de Guayaquil Arbitragem: Leodán González, auxiliado por Nicolás Taran e Martín Soppi, todos uruguaios Cartões amarelos: Perlaza, Chávez (Del Valle); Henrique Almeida, Éder, Carlos Alberto (América) Gols: Sornoza aos 16 minutos e Gaibor aos 42 do primeiro tempo; Chávez aos 28 do segundo tempo




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page