top of page

América e Coritiba chegam a 95% de serem rebaixados; Cruzeiro tem 13,2%

Com o empate entre Botafogo e Goiás, por um a um, na noite de segunda (2), a 25ª rodada do Brasileirão foi encerrada e a matemática voltou à tona. O resultado tirou o Esmeraldino da zona de rebaixamento e mandou o Vasco de volta para a degola, ao lado de Bahia, América e Coritiba. Destes, Coelho e Coxa chegaram a 95.2% de queda.

Equipe que está na zona da degola desde a primeira rodada, o América vem de um empate com o Cruzeiro, resultado que fez o time chegar aos 18 pontos. De acordo com dados apresentados pelo Departamento de Matemática da UFMG, o número mágico para evitar disputar a série B no próximo ano é 42. Alcançando o tradicional 45, as equipes teriam apenas 2.136% de descenso.


Restando 39 pontos em disputa, o time americano precisaria somar 21. Seriam sete vitórias nos 13 jogos que faltam para acabar o campeonato. Caso não alcance a meta, o Coelho irá retornar à série B após três anos consecutivos na elite, um feito até então histórico para o clube.

Para o Cruzeiro, que também briga na parte debaixo da tabela, porém, ocupando a 12º posição, com 30 pontos, a vida está um pouco mais tranquila. A Raposa teria que conquistar mais 12, ou, quatro vitórias, para não retornar à segundona. Até então, o time celeste tem 13.2% de chance de fazer um bate-volta.


Porcentagens

A planilha da UFMG além de destacar América e Coritiba empatados na porcentagem de disputar a série B de 2024, tem ainda o Bahia, com 54.9% e o Santos, atual 15º colocado e a um ponto à frente do Vasco, 17º, com 34.9%. O time carioca vem logo em seguida, com 34.5%.

A lista segue com Goiás, Internacional, Corinthians, Cruzeiro, Cuiabá e o São Paulo. Décimo na tabela, com 34 pontos, o Tricolor aparece com apenas 2.6%.





Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page