top of page

Alerta é ampliado e onda de calor deve atingir 660 cidades mineira até segunda-feira

Pelo menos 660 cidades mineiras estão em alerta para onda de calor até a próxima semana, conforme informou o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que renovou os avisos nesta sexta-feira (3). Segundo o comunicado, o Estado está sob quatro alertas, que preveem temperaturas 5°C acima da média.

As cidades na faixa da onda de calor, alerta laranja, estão Sul/Sudoeste de Minas, Campo das Vertentes e Zona da Mata. Vinte e duas delas, que ficam no Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba, estão sob alerta vermelho de grande perigo.


Onda de calor

O tempo sufocante provocado pelas altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar dos últimos dias volta a ficar mais intenso. Uma nova onda de calor vai atingir Belo Horizonte pelo menos até o início da semana que vem.

"A atuação de uma massa de ar seco e quente provoca a ocorrência de onda de calor, baixa umidade do ar e registros de temperaturas superiores a 30°C, principalmente no período da tarde até segunda-feira (6)", informou o órgão municipal.

Uma onda de calor é caracterizada pelo aumento dos índices em até cinco graus por três ou mais dias consecutivos. Desta vez, o fenômeno é provocado por uma massa de ar quente e seco que promove um bloqueio atmosférico, impedindo a chegada de frentes frias.

Confira orientações da Defesa Civil:

⠀Hidrate-se durante o dia;

⠀Prefira alimentos leves e frescos, como saladas, frutas, carnes grelhadas;

⠀Evite frituras;

⠀Durma em local arejado e umedecido por aparelhos umidificadores, ou ainda coloque uma bacia com água;

⠀Evite atividades físicas ao ar livre e exposição ao sol entre as 10 e 17 horas;

⠀Evite banhos com água muito quente, para não potencializar o ressecamento da pele, se necessário use hidratante;

Em caso de problemas respiratórios procure um especialista;

Não provoque queimadas em lotes vagos, matas ou florestas. Em caso de incêndio avise imediatamente, ao Corpo de Bombeiros (193), Defesa Civil (199) ou Polícia Militar (190).

Índice pluviômetro

Pelos padrões da Organização Meteorológica Mundial (OMM), a unidade de medida de precipitação é o milímetro (mm). A escolha se deve a razões práticas: 1 mm de espessura corresponde a 1 litro de água em um espaço de 1 metro quadrado.

Portanto, a medida em milímetros apontada nas previsões de tempo ou nos relatórios sobre chuvas considera que cada unidade corresponde a 1 litro em uma área de 1 metro quadrado.

Uma chuva de 10 mm corresponde a 10 litros de água em uma superfície plana de 1 metro quadrado. Dentro desse conceito deve-se considerar:

Chuva fraca: abaixo de 5,0 mm/h

Chuva moderada: entre 5,0 e 25 mm/h

Chuva forte: entre 25,1 e 50 mm/h

Chuva muito forte: acima de 50,0 mm/h


Alertas

Os moradores de Belo Horizonte podem receber os alertas de risco de chuvas fortes, granizo, tempestades, vendavais, alagamentos, risco de deslizamentos de terra e outros fenômenos meteorológicos pelo Canal Público do WhatsApp: https://bit.ly/DefesaCivilBH

A população também pode acompanhar os alertas e as recomendações da Defesa Civil por SMS. Para se cadastrar, basta enviar uma mensagem de texto com o CEP da sua rua para o número 40199 e uma mensagem de confirmação será enviada na sequência. O serviço não tem custo.

Pelas redes sociais os alertas podem ser acompanhados por meio do Instagram, X, Facebook e pelo canal público do Telegram no endereço: defesacivilbh.






Comentarios


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page