top of page

Aldeia indígena registra oito casos de COVID em Itapecerica

Oito casos de COVID-19 foram confirmados na Aldeia Pataxó Muã Mimatxi em Itapecerica, no Centro-Oeste de Minas. Embora a prefeitura do município confirme os casos, ela ainda não fala em surto. Todos os moradores serão submetidos a testes ao longo desta semana.

A Secretaria Municipal de Saúde acompanha a situação. Os pacientes estão sendo monitorados por uma equipe médica definida por eles. Todos estão com sintomas leves e não foi necessária internação.

Dentre os pacientes está uma criança de 11 anos e um adolescente de 14. Os demais têm idade entre 18 e 34 anos.

As confirmações ocorreram nesta quarta-feira (16/12). A suspeita é de que o contágio tenha ocorrido após visita de pessoas com as quais os moradores têm contato.

Ao todo, 33 pessoas vivem na aldeia. De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, todos foram imunizados contra a doença com duas doses, com exceção da criança de 11 anos que recebeu uma. Alguns, que não inclui os contaminados, chegaram a receber a dose de reforço.

“No protocolo de terceira dose, que tem chegado recentemente para os municípios, os indígenas não foram pontuados como grupo prioritário. Então, tem sido feito de acordo com o mesmo critério da população em geral (idade e cinco meses da segunda dose)”, informou a assessoria de comunicação.

Boletins

Itapecerica aplicou 3.189 doses reforço, segundo o boletim divulgado no dia 30 de novembro. A cidade já atingiu quase 100% do público alvo com 12 anos ou mais com a primeira e segunda doses. 20.150 pessoas receberam a primeira dose, 19.024 a segunda e 290 a dose única.

Desde o início da pandemia foram confirmados 1.816 casos de COVID-19 e 43 pessoas morreram em decorrência da doença. O balanço foi

divulgado nesta quarta-feira (15/12).




Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page