Médico do Cruzeiro defende volta imediata de atividades nos CTs: ‘Pode ser feito com segurança’

O responsável pelo departamento médico do Cruzeiro, Sérgio Campolina, é favorável a um retorno imediato dos trabalhos dos jogadores de futebol nos centros de treinamentos (CTs). Ele considera que há segurança suficiente para a volta, mas pondera que isso não significa que os campeonatos deveriam ser retomados agora. As atividades no futebol estão paradas devido à pandemia de covid-19.

“Quando eu falo que o atleta tem que voltar ao clube, não é para voltar a jogar rapidamente, é para recondicioná-lo, trazer de novo para a realidade do esporte. Fazendo o protocolo, os testes adequados, com laboratórios que tragam segurança, não vejo como problema”, afirmou à Itatiaia.

Segundo o médico, um protocolo foi feito em Minas por ele e pelos colegas do Atlético, Rodrigo Lasmar, e do América, Cimar Eustáquio. Sérgio considera que é melhor os jogadores fazerem as atividades físicas em um local controlado, como seriam os CTs. “Não iremos tirar o atleta da casa dele e jogar no mundo, vamos levá-lo a um ambiente seguro, onde todos os contatos que porventura ele tiver serão com pessoas testadas, em um ambiente com toda a proteção adequada e sob uma orientação profissional capacitada”, explicou.

Questionado se o ideal seria a volta imediata dos jogadores aos treinamentos presenciais, respondeu: “Sim. Condições para isso todos os clubes da Série A e da Série B têm”.

Ele também argumentou que os exercícios físicos feitos pelos jogadores fora do clube não têm a mesma eficácia. “Esse treino que eles têm realizado não é de atleta profissional. Por melhor que seja acompanhado, por mais intenso que seja, o atleta não vai dar 100%”, declarou, ressaltando que, sem um condicionamento físico adequado, há mais chances de os jogadores se lesionarem na volta do futebol.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM