Secretaria de Saúde de Minas confirma 23 mortes e 815 infecções por coronavírus no estado

O número de mortes por covid-19 em Minas Gerais passou de 20 para 23, conforme números atualizados pela Secretaria de Estado de Saúde na manhã desta segunda-feira. Outros 64 óbitos estão em investigação e 207 tiveram relação com a doença descartada. O estado tem 815 casos confirmados e mais de 60 mil suspeitos.

Os três novos óbitos foram confirmados em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, Juiz de Fora, na Zona da Mata, e em Pouso Alegre. Todos eram idosos e tinham comorbidades. Em entrevista à Itatiaia nesta segunda-feira, o secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, disse esperar o pico da doença para maio. "É uma epidemia longa. Nós entendemos que maio e junho serão épocas de maior transmissão. Ou seja, não dá para pensarmos em baixar e voltar a uma vida normal antes de junho”.

No balanço da pasta ainda não estão computadas mortes confirmadas em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, São Tomás de Aquino, na região Sul, e outra em Valadares. Com isso, o número de óbitos no estado deve subir para 26.

Fisioterapeuta de 34 anos

Um dos óbitos não computados no balanço estadual é o do fisioterapeuta Weslei Leite Soares de Oliveira, de 34 anos, que estava internado em Franca, interior de São Paulo.Não foi informado se ele tinha alguma comorbidade.

A Prefeitura de São Tomás de Aquino, onde ele trabalhava, confirmou a morte nesse domingo (12). “É com extremo pesar que a Secretaria de Saúde comunica o falecimento do fisioterapeuta da rede de saúde municipal Weslei Leite Soares de Oliveira. Em motivo de luto, todos os departamentos de saúde com exceção do hospital não abrirão nesta segunda-feira, dia 13 de abril”, informou a prefeitura.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM