Sampaoli apoia corte salarial no Atlético: ‘Momento de entender o que está acontecendo e colaborar’

O técnico Jorge Sampaoli apoia a medida anunciada pelo Atlético na noite desse domingo (29) em reduzir em 25% os salários de jogadores, comissão técnica, diretoria e funcionários que recebem mais de R$ 5 mil por mês devido à paralisação do futebol provocada pela pandemia do coronavírus. O posicionamento do treinador argentino, que foi afetado pelo corte do clube, é de compreensão do momento e de que é hora de ajudar.

"Ninguém se salva sozinho. Isso acontece no mundo, em uma sociedade, em uma equipe ou em um clube. A realidade indica que é um momento de entender o que está acontecendo e colaborar. Decidimos diminuir nosso salário. Isso vai além de ser solidário ou não: existe uma situação no planeta que se reflete na situação do clube e, como sou privilegiado, posso contribuir para tentar superá-la da melhor maneira”, declarou Sampaoli ao site oficial do Atlético.

“Em um mundo de desigualdades, acredito que todos os privilegiados devem ajudar quem mais precisa. Espero que possamos sair desta pandemia transformados para melhor. É essencial cuidar de nós mesmos, de forma conjunta. Um grande abraço”, completou o treinador.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square