Dodô entra na Justiça pedindo que Cruzeiro cumpra acordo feito pela diretoria anterior

Mais um jogador que defendeu o Cruzeiro em 2019 acionou o clube na Justiça. Desta vez, foi o lateral-esquerdo Dodô, que entrou com ação pedindo para que a Raposa cumpra o acordo firmado pela diretoria anterior – encabeçada por Wagner Pires de Sá – e pague R$ 8,8 milhões de luvas pelo acionamento do gatilho no contrato de empréstimo que tornava o vínculo definitivo até dezembro de 2023.

O pagamento seria feito ao longo de 2019 e 2020. Pelo acordo feito com a Sampdoria, da Itália, Dodô chegaria ao Cruzeiro por empréstimo até o fim do ano passado e o clube celeste seria obrigado a exercer a opção de compra caso o lateral fizesse pelo menos três jogos na temporada e a equipe atingisse mais de 15 pontos no Campeonato Brasileiro.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square