Em Varginha, Cruzeiro enfrenta Boa tentando evitar surpresa na Copa do Brasil

Após encerrar no último fim de semana o jejum de quatro jogos sem vencer na temporada, o Cruzeiro quer dar sequência aos resultados positivos e evitar ser surpreendido em um duelo decisivo pela Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, às 21h30, a Raposa enfrenta o Boa Esporte, no estádio Dilzon Melo, em Varginha, em jogo único da segunda fase do torneio.

Acompanhe, a partir das 21h, a Jornada Esportiva da Itatiaia, com o 1º Time do Rádio. Narração de Alberto Rodrigues, comentários de Cadu Doné e reportagens de Samuel Venâncio e Álvaro Damião. A ancoragem será de João Vitor Cirilo.

Diferentemente da primeira fase, quando empatou em 2 a 2 com o São Raimundo, em Roraima, e se classificou, o Cruzeiro precisará vencer para avançar no tempo normal. O mesmo vale para o Boa, que passou à segunda fase após o 1 a 1 com o Vilhenense, em Rondônia.

Em caso de igualdade no placar após os 90 minutos, a decisão da vaga será nos pênaltis. Quem passar, além da classificação à terceira fase, também irá embolsar R$ 1,5 milhão.

Para o duelo em Varginha, o técnico Adilson Batista poderá contar com o retorno do lateral-direito Edilson, que cumpriu suspensão no último domingo na vitória sobre o Uberlândia, pelo Campeonato Mineiro. Desta forma, o jovem Valdir volta para o banco de reservas. Esta deverá ser a única mudança no time celeste em relação ao triunfo por 2 a 1 sobre a equipe do Triângulo Mineiro.

Já Ariel Cabral, que se reapresentou nesta terça-feira na Toca II, ainda não será relacionado para a partida. O volante estava de licença desde o dia 14 de janeiro para resolver problemas particulares na Argentina e, como ainda não jogou neste ano, fará trabalhos na preparação física antes de ficar à disposição de Adilson Batista.

Quem também ainda não está à disposição, apesar de recuperado de uma cirurgia no joelho esquerdo, é o meia Robinho, com dores na panturrilha direita.

No Boa, a principal dúvida é a presença do volante Nonoca, que pertence ao Cruzeiro. Para colocar o jogador em campo, o time de Varginha precisará desembolsar R$ 500 mil, valor estipulado no contrato de empréstimo para o jogador enfrentar a Raposa. Caso o técnico Nedo Xavier opte por deixá-lo fora da partida, Denilson deve começar jogando.

Boa Esporte x Cruzeiro

Boa Esporte: Renan Rocha; Yuri, Wesley, Henrique Moura e Ferreira; Caio César, Denílson (Nonoca), Carlinhos e Claudeci; Léo Goteira e Jefferson. Técnico Nedo Xavier

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Arthur, Léo e João Lucas; Filipe Machado, Jadsom e Pedro Bicalho; Maurício, Everton Felipe e Marcelo Moreno. Técnico: Adilson Batista

Motivo: jogo único – 2ª fase da Copa do Brasil Data: 4 de março de 2020, quarta-feira, às 21h30 Local: Estádio Dilzon Melo ‘Melão’, em Varginha (MG)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ) Auxiliares: Michael Correia (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square