Em casa, Cruzeiro joga para reassumir a liderança da Superliga

Embalado com oito triunfos seguidos e ainda invicto em 2020, o Cruzeiro volta à quadra diante do Maringá, nesta quinta-feira, às 20h, no Ginásio do Riacho, em Contagem, com o objetivo de recuperar a liderança da Superliga Masculina Ultrapassado pelo Taubaté, atual campeão, o time celeste precisa de vitória em sets diretos para reassumir a primeira posição no encerramento da quarta rodada do returno.

Com 38 pontos em 14 partidas (13 vitórias e uma derrota), o Cruzeiro caiu para a vice-liderança depois que o Taubaté bateu o América por 3 sets a 0, em Montes Claros, na abertura da quarta rodada do returno. O time paulista chegou a 41 pontos, mas tem duas partidas a mais que a Raposa. O Maringá, por sua vez, está em sétimo (17 pontos) e almeja um lugar entre os oito melhores que disputarão os playoffs.

Em dificuldade financeira, o Maringá teve o auxílio do Cruzeiro, que bancou a estadia da equipe paranaense em BH. O jogo desta quinta-feira seria no interior do Paraná, mas os clubes fecharam acordo para atuar em Contagem, com o clube celeste arcando com as despesas da viagem do adversário. No turno, no Riachão, a Raposa venceu por 3 sets a 1.

PUBLICIDADE

O ponteiro e capitão Filipe disse que, além de ser um alívio financeiro para o Maringá, o fato de jogar novamente no Riacho ajudará também o Cruzeiro, que reduzirá o desgaste com viagem. "A inversão do mando foi positiva para ambos os times, não só para eles. A gente sabe da dificuldade que alguns clubes estão enfrentando financeiramente nesta temporada e o Maringá é um deles. Mas também será bom pra gente jogar mais uma vez em casa, já que temos outra viagem neste fim de semana", frisou. "Então vamos aproveitar para dar o nosso melhor, evoluir coletivamente e buscar a vitória, contando com o nosso torcedor", acrescentou

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM