Cruzeiro atinge 90,6% de risco de cair após derrota; ‘temos que acreditar’, diz volante Henrique

O semblante dos jogadores do Cruzeiro após a derrota por 1 a 0 para o Vasco, em São Januário, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, traduziu bem a situação do clube na tabela de classificação. Alguns atletas, como o lateral Orejuela, deixaram o gramado chorando. O volante Henrique, um dos poucos a dar entrevista ao fim do jogo, lamentou a situação da equipe, que ficou ainda mais perto do inédito rebaixamento para a Série B – de acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o risco de queda da Raposa subiu para 90,6%.

Mesmo com o Cruzeiro não dependendo das próprias forças, Henrique acredita que o time poderá vencer os dois últimos jogos (Grêmio, em Porto Alegre, e Palmeiras, em Belo Horizonte) e contar com um tropeço do Ceará – agora, o único concorrente da equipe celeste na luta contra a degola e que tem 9,4% de risco de queda. Além de somar seis pontos, a Raposa ainda precisaria de uma derrota do Vovô nas duas partidas restantes: Corinthians (casa) ou Botafogo (fora).

“É vencer, buscar duas vitórias. Temos que buscar duas vitórias e torcer por uma derrota do Ceará para nos livrarmos. Buscar, acreditar... se há a possibilidade, então temos que acreditar, por mais difícil que seja”, disse o camisa 8.

Capitão e uma das lideranças do grupo do Cruzeiro, Henrique disse que também sente o momento ruim do clube, assim como os jogadores mais novos. “Não é que eu não sinto. Eu também sinto. Por mais que eu esteja nesta posição, nós também temos sentimentos. Continuo tendo esperança, tendo fé e que nós vamos fazer de tudo para tirar o Cruzeiro desta situação que nós mesmos nos colocamos”, afirmou.

Há sete jogos sem vencer, o Cruzeiro ocupa a 17ª colocação, com 36 pontos, dois a menos do que o Ceará, o primeiro fora da zona de rebaixamento.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM