Marquinhos se emociona e dedica gol ao pai; Bruninho desabafa sobre críticas à base

O Atlético contou com jogadores oriundos da base para derrotar o Goiás por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, no Mineirão. Marquinhos e Bruninho marcaram os gols que decretaram o triunfo do Galo após três tropeços seguidos – duas derrotas e um empate.

Foi o primeiro gol de Marquinhos pelo time profissional do Atlético. O jogador de 20 anos se emocionou em entrevista na beira do campo e dedicou o gol ao pai.

“Quando eu fiz um gol, passou um filme na minha cabeça. Um garoto que ajudava o pai de ajudante de pedreiro, ajudei meu pai vigiando carro, e hoje fazer um gol... (ele parou de falar por um momento porque ficou emocionado) no Mineirão, com a camisa do Atlético, é uma coisa que não tem como falar. Filha, eu te amo. Pai, eu te amo! Seu filho realizou o seu sonho de fazer um gol como profissional”, disse o camisa 50 em entrevista ao canal por assinatura SporTV.

Já Bruninho desabafou na saída de campo e elogiou o companheiro de base. "Claro que fico muito feliz. Sei também da luta do Marquinhos. Acabo me emocionando por ele. Vejo muita gente falando que a base do Atlético não revela, que não tem bom jogador, mas hoje provamos o contrário", afirmou.

A vitória sobre o Goiás afastou o Atlético da luta contra a parte de baixo da tabela. O time subiu para o 11º lugar, com 39 pontos, abrindo oito do Fluminense, o primeiro dentro da degola, que ainda joga nesta quinta-feira contra o São Paulo, no Morumbi.

Agora, o Atlético inicia a preparação para o clássico contra o Cruzeiro, domingo, às 16h, no Mineirão. O time alvinegro entrou em campo nesta quarta-feira com seis jogadores pendurados, mas nenhum levou cartão amarelo.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM