Por unanimidade, Projeto de Lei da Arena MRV é aprovado em 2º turno na Câmara de BH

Por unanimidade, a Câmara Municipal de Belo Horizonte aprovou no fim da tarde desta terça-feira, em segundo turno, o Projeto de Lei da Arena MRV, que agora segue para o prefeito Alexandre Kalil (PSD), que tem até dois meses para dar ou não o aval. Cerca de 50 torcedores estiveram na Casa e comemoraram o resultado.

Leia também: Diretor executivo da Arena MRV revela previsão para início e fim das obras

O projeto ainda será analisado pelos conselhos de meio ambiente municipal, nesta quarta (2), e estadual, previsto neste mês.

O estádio

A Arena MRV será erguida no bairro Califórnia, região Noroeste de Belo Horizonte, terá capacidade para 47 mil torcedores e custará R$ 410 milhões, mas, de acordo com o Atlético, nenhum centavo sairá do futebol.

Em setembro do ano passado os conselheiros do clube aprovaram a venda de 50,1% do shopping Diamond Mall para a empresa Multiplan, o que irá gerar R$ 250 milhões para a obra. O restante do dinheiro será captado por meio da venda do naming rights (a MRV comprou os direitos por R$ 60 milhões) e da comercialização de cerca de 4.700 cadeiras cativas do estádio por R$ 100 milhões (60% do valor já foi garantido pelo banco BMG).

O terreno onde a arena será construída está avaliado em mais de R$ 50 milhões e foi doado pela família de Rubens Menin, presidente da MRV.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square