Segunda chance para isenção do Enem só até esta sexta-feira

Candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que tiveram o pedido de isenção da taxa negado têm até hoje para tentar uma segunda chance. O prazo também é válido para os estudantes que apresentaram a justificativa de ausência na edição do ano passado e foram reprovados.

Os recursos devem ser formalizados pelo site do exame. É necessário incluir a documentação listada no edital do certame, nos formatos PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2 megabytes (MB).

Conforme o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), três perfis têm direito à isenção e os documentos exigidos para recurso mudam de acordo com essa realidade.

No primeiro grupo estão os estudantes de baixa renda enquadrados na lei 12.799. Nesse caso, devem ser apresentados a carteira de identidade do participante e das pessoas que compõem o núcleo familiar, declaração da realização de todo o ensino médio em escola pública e contracheque. No caso de bolsista, deve ser incluída a declaração da escola que valide essa condição.

Também são beneficiados os alunos com Número de Identificação Social (NIS) inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), além daqueles matriculados na última série do ensino médio neste ano em escola pública.

Para participar do Enem 2019 será cobrada uma taxa de R$ 85; os candidatos, isentos ou não, deverão fazer as inscrições no período de 6 a 17 de maio

Justificativa

Já no caso do recurso de justificativa de ausência no Enem 2018, o participante deverá apresentar documentos diferentes dos que foram anexados durante o período normal de solicitações. Os materiais aceitos também estão relacionados no edital do exame.

Os resultados dos recursos serão divulgados na próxima terça-feira.

O Inep alerta que todos os interessados em fazer o Enem 2019, isentos ou não, devem voltar ao portal do Enem para fazer a inscrição, de 6 a 17 de maio. As provas serão aplicadas em 3 e 10 de novembro.

Na quarta-feira, o Tribunal de Contas da União (TCU) autorizou o governo federal a realizar nova licitação para contratar a gráfica que fará a impressão das provas deste ano. A empresa que era responsável pelo serviço desde 2009 decretou falência.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM