Após goleadas, Atlético e Cruzeiro farão a 23ª final direta por título do Campeonato Mineiro

Mais uma vez, Atlético e Cruzeiro disputarão o título do Campeonato Mineiro. Após eliminar Boa Esporte (5 a 0) e América (3 a 0), respectivamente, com goleadas no jogo de volta das semifinais, os arquirrivais vão se enfrentar na final do Estadual pela 23ª vez na história da competição.

Os rivais decidiram o título estadual pela primeira vez em 1940, quando o Cruzeiro ainda era Palestra Itália. E a Raposa levou a melhor ao vencer o primeiro duelo por 3 a 1, perder o segundo por 2 a 1 e ganhar o terceiro e decisivo por 2 a 0. Na última final entre eles, no ano passado, o time celeste também ficou com a taça. Após serem derrotados por 3 a 1, no Independência, os azuis venceram por 2 a 0, no Mineirão, e foram campeões por terem feito a melhor campanha na fase de classificação.

Apesar de ser o maior campeão mineiro – com 44 títulos contra 36 do rival –, o Atlético leva desvantagem se for considerado somente as finais diretas contra o Cruzeiro. A equipe celeste soma 13 troféus nas decisões contra o Alvinegro (1940, 1967, 1972, 1977, 1987, 1990, 1998, 2004, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018). Já o Galo conquistou oito taças em cima da Raposa (1954, 1962, 1976, 1985, 2000, 2007, 2013, 2017).

A decisão de 1956 não entra no levantamento porque o título foi dividido entre os rivais. Na ocasião, houve dois empates e uma vitória do Atlético.

Em vários outros anos, Atlético ou Cruzeiro foi o campeão, mas a fórmula não previa uma final. Assim, os clubes levantaram o troféu por terem feito mais pontos ou por terem vencido um quadrangular, hexagonal ou octogonal final.

Neste ano, por ter feito a melhor campanha na fase de classificação, o Atlético terá a vantagem de jogar por dois empates ou uma vitória e uma derrota pela mesma diferença de gols para ser o campeão mineiro.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square