Vantagem azul: Cruzeiro tem grande supremacia sobre o América neste século

Fisicamente, os dois momentos são bem diferentes, pois o Cruzeiro jogou na última quarta-feira (3), em Guaiaquil, no Equador, onde venceu o Emelec por 1 a 0, pelo Grupo B da Copa Libertadores, e o América ficou em Belo Horizonte, apenas treinando.

Quando se trata de tarefa no clássico deste sábado (6), às 19h, no Mineirão, quando cruzeirenses e americanos decidem o primeiro finalista do Campeonato Mineiro, as diferenças permanecem, e favorecem a Raposa.

Sem perder para o América no Gigante da Pampulha há quase 17 anos, o Cruzeiro carrega ainda outras marcas que dimensionam o tamanho da façanha que separa o time do técnico Givanildo Oliveira de mais uma decisão de Estadual.

Depois daquele jogo de 19 de maio de 2002, que terminou com vitória americana por 1 a 0, gol de Tucho, em partida válida pelo Supercampeonato Mineiro, os dois clubes já jogaram 17 vezes no Mineirão. Foram dez vitórias cruzeirenses e sete empates.

É importante ressaltar que não basta ao Coelho derrubar essa escrita, pois ele só garante vaga na decisão do Campeonato Mineiro se derrotar o Cruzeiro por pelo menos dois gols de diferença amanhã.

Isso porque na partida de ida da semifinal, no domingo passado, no Independência, foi derrotado por 3 a 2 e o time de Mano Menezes, por ter feito melhor campanha na fase classificatória, joga por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols.

Retrospecto

A análise dos números dos 39 clássicos disputados entre Cruzeiro e América neste século mostra uma grande superioridade azul no período.

No geral, são 21 vitórias contra sete. Quando se pega apenas o Campeonato Mineiro, que sediou 28 desses confrontos, a proporção cruzeirense aumenta, pois são 16 vitórias e apenas quatro derrotas.

Neste século, o Coelho já experimentou suas grandes sequências sem vitória sobre a Raposa. A primeira, de quase dez anos, entre 2002 e 2012, teve 13 partidas.

Atualmente, há outra. Não tão longa, no que se refere a período, pois tem três anos, mas se o América não vencer amanhã, chegará a 12 jogos sem vitória sobre o Cruzeiro.

Com certeza, o Coelho precisará de muita perna para superar a Raposa nessa corrida pela final do Mineiro.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square