Levir fecha treino e mantém mistério na escalação do Atlético para encarar Defensor

O Atlético realizou nesta segunda-feira o último treino no Brasil antes de encarar o Defensor, na quarta, em Montevidéu, pela terceira fase da Copa Libertadores. O técnico Levir Culpi fechou o treinamento à imprensa e teve privacidade para comandar uma atividade tática, no qual encaminhou a equipe para o jogo que abre o duelo que definirá mais um classificado à fase de grupos do torneio.

O Atlético fará nesta terça-feira, em Montevidéu, seu último trabalho antes da partida.

Por mais que não tenha divulgado, a tendência é que Levir leve o Atlético a campo com: Victor; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Adilson, Elias, Luan, Cazares e Chará; Ricardo Oliveira. O lateral Guga e o volante Zé Welison podem aparecer como surpresas, mas a tendência é que iniciem no banco mais uma vez.

Depois de eliminar pelo Danubio, o Atlético precisa passar pelo Defensor para avançar à fase de grupos. E apesar de encarar um time de bem menos tradição, ninguém no clube espera facilidade nesta quarta.

“Jogo de Libertadores é sempre complicado. O clima é diferente, a motivação aumenta, os jogos são muito aguerridos. É um campeonato que todo mundo quer conquistar, então, acho que isso muda completamente os jogadores e a torcida também, com pressão no estádio. A gente sabe como são os times uruguaios, times competitivos", declarou o zagueiro Igor Rabello.

A partida de volta diante do Defensor está marcada para o dia 27. Se passar, o Atlético vai entrar no Grupo 5 da Libertadores, ao lado de Cerro Porteño-PAR, Nacional-URU e Zamora-VEN.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square