Governo de Minas anuncia que 13º salário de servidores públicos vai ficar para o ano que vem

O Governo de Minas confirmou no início da tarde desta sexta-feira que o 13º salário dos servidores públicos estaduais vai ficar para o ano que vem. A resposta vem com duas semanas de atraso, após o Executivo marcar para 14 de dezembro a primeira reunião e adiar cinco vezes as informações sobre quando e se pagaria o benefício.

Em nota, o governo afirma que realizou esforços financeiros e aguardou "até o último momento um crédito de R$ 200 milhões, por parte do Governo Federal, referente à 'compensação financeira em função da perda de receita decorrente da desoneração de ICMS sobre exportações de bens e da concessão de créditos nas operações anteriores', aprovada no Congresso Nacional (PLP 511/2018). O Governo Federal informou que este crédito só será repassado em 2019."

Segundo o Executivo, também deixou de entrar nos cofres do estado R$ 500 milhões devido à falta de oferta para a venda para bancos de dívidas que terceiros têm com o estado – a securitização da dívida.

"Estes valores, somados, permitiriam ao Estado o pagamento de parte do 13º salário de todos os servidores do Executivo estadual, ativos e inativos, em 2018", argumenta o governo, que diz lamentar a situação.

Salário

Segundo o governo, a última parcela do salário deste mês é paga normalmente nesta sexta-feira para todos os servidores ativos e inativos.,

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square