Cruzeiro recusa nova oferta do Grêmio por TN30 e vai 'correr risco' de perdê-lo de graça em

Após recuar na inclusão do atacante Luan na troca por Thiago Neves, o Grêmio não desistiu de contar com o armador do Cruzeiro para 2019. Em entrevista à Itatiaia, o vice-presidente de futebol da Raposa revelou que recebeu nesta quinta-feira uma nova proposta dos gaúchos pelo camisa 30, mas que foi prontamente recusada.

“Depois de definido que não vai ter a troca, o diretor do Grêmio acabou de me ligar oficializando uma proposta de R$ 5 milhões mais a devolução do Thonny Anderson para liberar o Thiago Neves. Lembrando que o Cruzeiro já é dono de 50% dos direitos econômicos do Thonny Anderson. Os outros 50% são do Grêmio. Ele viria para o Cruzeiro com o Grêmio abrindo mão do percentual dele ou de parte do percentual”, revelou Itair.

No início deste ano, o meia Thonny Anderson foi envolvido, ao lado do atacante Alisson, na negociação com o Grêmio que trouxe o lateral-direito Edílson para a Toca da Raposa II. O clube gaúcho tem a preferência de compra do armador revelado nas categorias de base da equipe celeste, mas quis 'devolvê-lo' e dar a quantia em dinheiro em troca por Thiago Neves, o que foi negado pelo Cruzeiro.

Segundo Itair, a diretoria celeste não irá vender Thiago Neves por um preço baixo e vai 'correr o risco' de perder o jogador de graça em julho de 2019, quando faltarão seis meses para encerrar o contrato do armador com a Raposa. Caso o camisa 30 não renove o vínculo, ele estará livre para assinar com outro clube.

“Essa é a proposta que o Grêmio acabou de me fazer. Mas nestes números a gente entende que não é bom comercialmente para o Cruzeiro. Mesmo que o Thiago não venha a renovar o contrato e em julho fique livre para assinar com outro clube, dentro do valor pequeno como esse, o Cruzeiro prefere correr o risco”, finalizou.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square