O ‘inegociável’ Dedé: mais três anos de contrato com Cruzeiro e multa de R$ 160 milhões

Geralmente, dirigentes de futebol dizem que seus jogadores não são inegociáveis e que estão abertos a propostas. Mas como toda regra há exceção, no Cruzeiro existe um atleta que não será vendido: o zagueiro Dedé. Pelo menos é o que a diretoria celeste garante.

Recentemente, o Flamengo mostrou interesse no defensor, mas o Cruzeiro freou o ímpeto dos cariocas ao negar a iniciar tratativas pelo jogador. Após a investida do time rubro-negro, o vice-presidente de futebol da Raposa, Itair Machado, já declarou que considera Dedé um dos melhores zagueiros do mundo e que ele não sai da Toca.

Com mais três anos de contrato com o Cruzeiro – vínculo termina em dezembro de 2021 – Dedé ainda tem multa estabelecida em R$ 160 milhões, de acordo com informações do repórter da Itatiaia, Samuel Venâncio.

Em diversas entrevistas, Dedé também já mostrou sua gratidão ao Cruzeiro afirmando que só deixa a Toca se a diretoria quiser e que pretende se aposentar na Raposa.

O apoio dado pelo Cruzeiro no período em que Dedé ficou afastado após graves lesões nos dois joelhos foi fundamental para a decisão do zagueiro de permanecer por muito tempo no clube. Mesmo com o defensor parado por dois anos, o time celeste renovou o seu contrato mostrando confiança na recuperação do camisa 26.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM