Prefeitura de Itaúna leva Mutirão da Limpeza a mais nove bairros a partir de 05 de dezembro

Medida faz parte do programa de intensificação do combate ao Aedes aegypti, transmissor da Dengue e outras doenças

Em Itaúna, o combate ao Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika vírus, Chikungunya e Febre Amarela, em área urbana, realizado intensivamente durante todo o ano, ganhou reforço com a chegada do período chuvoso. A Secretaria Municipal de Saúde está em alerta, para evitar a proliferação do inseto e, consequentemente, a disseminação de enfermidades graves.

Com o objetivo de ampliar a conscientização da comunidade e a eliminação do mosquito, foi programado mais um Mutirão da Limpeza. A ação será executada a partir de 05 de dezembro, nos bairros Vila Nazaré, Novo Horizonte, Vila Washington, Morada Nova I e II, São Geraldo, Residencial São Geraldo, Alaíta e Tropical.

Durante a campanha, os moradores das regiões visitadas pelas equipes são incentivados a deixar em sacos plásticos, nas calçadas, para coleta, os criadouros removíveis, como garrafas, pneus, potes e vasilhas de plástico, entre outros recipientes. Todas as edições do Levantamento de Índice para Aedes aegypti – LIRAa, realizadas neste ano mostraram a maioria das larvas dentro das casas, em quintais e varandas.

“Contamos mais uma vez com a ajuda de toda a população nesta luta. Mesmo com o trabalho que desenvolvemos de maneira contínua, a colaboração de cada um é extremamente importante para que não tenhamos surtos e epidemias de doenças transmitidas pelo inseto, principalmente nesta época, que é mais propícia à proliferação”, comenta a gerente de Vigilância em Saúde

LIRAa

No geral, considerando todas as regiões, o resultado do último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aeypti – LIRAa – de 2018, em Itaúna, ficou em 2,2%, que sinaliza médio risco de infestação. O primeiro do ano deu 2,8%; o segundo, 2%; o terceiro, 0,9%, mostrando que as ações executadas ao longo do ano pela Secretaria Municipal de Saúde surtiram efeito, com redução significativa do impacto da presença do mosquito.

Mesmo no período menos favorável à proliferação do inseto, as equipes da Secretaria Municipal de Saúde ficaram atentas e desenvolveram diversas atividades para extinguir os criadouros, além de conscientizar a sociedade sobre as medidas que devem ser adotadas no dia a dia. As campanhas educativas e o reforço das estratégias, desde o início de 2017, para a eliminação dos focos, têm gerado excelentes resultados, com a redução significativa dos índices de contaminação.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM