Devido às chuvas, Divinópolis entra em situação de alerta, aponta Defesa Civil

A chuva frequente, registrada desde o início de novembro, colocou Divinópolis em situação de alerta, segundo a Defesa Civil. Na cidade, já foram registrados 210 milímetros de chuva. O alto volume fez com que vários pontos de risco surgissem.

De acordo com o gerente da Defesa Civil, Gilberto Gonçalves, o Rio Itapecerica, principal fonte de água da cidade, registrou aumento de 1 metro em relação ao seu nível normal nas imediações do Bairro Niterói. Em outros pontos de Divinópolis, como no Bairro Esplanada, o aumento foi ainda maior.

"Estamos em estado de alerta porque toda a calha do rio está cheia. Em algumas áreas mais baixas, próximas ao rio, às residências, podem ocorrer enchentes. Se não parar de chover, a gente considera que [a cidade esteja em] um nível de alerta 3, que é fiscalizando as áreas mais baixas por causa do risco de enchentes", afirmou.

A Defesa Civil acredita que a intensidade de chuvas na cidade deve diminuir até a próxima sexta-feira (23). Contudo, a situação de quem mora próximo a córregos continua sendo de alerta.

Prevenção

Para diminuir o risco em Divinópolis, o 10º Batalhão do Corpo de Bombeiros também tem realizado um trabalho preventivo. Segundo o tenente Henrique Joaquim, um levantamento apontou que o município tem mais de 50 áreas de risco.

Além de orientar os moradores quanto a alagamentos, o trabalho dos bombeiros procura orientar as famílias em relação a desabamentos e deslizamentos de terra e danos residenciais. O tenente disse que a situação mais crítica fica no Bairro Alto São João de Deus.

"À medida em que a pessoa perceber que está havendo uma subida no nível da água, [é importante] já fazer contato com o 193, tirar os objetos eletrônicos e elétricos das tomadas e monitorar o nível da água. Começou a subir demais, é recomendado sair de casa", relatou.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square