‘Se eu não ficasse com ele, ia matar minha filha’, relata jovem estuprada em Divinópolis

“[Ele] Me cantuou na parede falando que queria roubar nada e, se eu não ficasse com ele, ele ia matar minha filha”. O relato é de uma jovem que foi estuprada no início da semana na zona rural de Divinópolis. O suspeito foi preso pela Polícia Militar (PM) nesta terça-feira (20).

A vítima, de 19 anos, procurou a polícia e contou que o autor usou uma faca para ameaçar ela e a filha de três anos. Depois a estuprou na frente da criança. A jovem relatou à reportagem da TV Integração detalhes sobre o crime.

"Ele falou assim: 'Onde que é o quarto que sua menina tá?' Aí eu levei ele no quarto e ele ameaçou ela. Colocou um pano no rosto dela, tentando sufocá-la. Ela tava dormindo. Até quando eu tive que ceder porque ele já tavaalterado, sabe", contou.

A jovem, que não quis ser identificada, disse ainda que após o crime o rapaz dormiu e ela fugiu. "Quando ele dormiu, que eu escutei o ronco, eu abri a porta e fugi pelo meio do mato e debaixo de chuva com a minha menina”.

Enquanto fugia do local, a vítima conseguiu pedir socorro ao marido. Segundo a PM, o autor escutou os gritos da mulher e tentou fugir. Contudo, o marido da vítima o alcançou. Os dois brigaram, mas o suspeito conseguiu sair do local.

“Minha família, te falar pro cê, aterrorizada. Minha menininha, de três anos, toda hora chega perto de mim e fala: 'ô pai, ele me matou. Ele me matou. Aquele homem feio me matou'. Acabou com a minha família”, contou o marido da vítima.

Prisão

De acordo com o cabo Augusto Faria, da Polícia Militar em Divinópolis, o suspeito foi encontrado pois, apesar de ter fugido do local, deixou o aparelho celular para trás.

“Juntamente com a equipe da seção de inteligência, a Patrulha Rural se deslocou até o endereço do autor, uma vez que ele já é fichado na polícia, e, ao chegarmos, ele se encontrava dentro de casa e em nenhum momento esboçou reação mediante a prisão”, relatou.

Ainda segundo o militar, o suspeito foi questionado sobre o crime e negou a acusação. “Relata que realmente foi ao local para praticar um roubo, mas todas as evidências levam a crer que ele, infelizmente, praticou este crime bárbaro", finalizou.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square