Fábio decide, Sassá e Raniel brilham, e Cruzeiro vence o Santos no Mineirão

Fim do jejum de vitórias e da sequência de empates no Campeonato Brasileiro. Depois de quatro resultados iguais, o Cruzeiro venceu o Santos por 2 a 1, no Mineirão, em partida válida pela 26ª rodada da competição. Em jogo com muitas chances para os dois lados, levou a melhor a equipe que tem Fábio, mais uma vez decisivo, na proteção do gol.

O Cruzeiro parecia entrar em campo para cumprir tabela. Não à toa, Mano Menezes mandou para jogo uma equipe quase toda de reservas, como fez no clássico do último domingo. Os titulares escalados foram Fábio, Edilson - que não joga contra o Palmeiras no meio da semana -, e Egídio.

Do outro lado, Cuca listou o que tinha de melhor, do gol ao ataque. E os dois protagonistas do Peixe em campo foram justamente Vanderlei e Gabriel. O goleiro estava há 842 minutos sem ser vazado, mas teve sua sequência positiva interrompida no início do segundo tempo, com o gol de Sassá. O último jogo que o arqueiro havia tomado um gol foi justamente no Mineirão, contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. Jogo que Gabigol marcou o gol que levou a disputa para os pênaltis e teve Fábio como herói.

Neste domingo, não muito diferente disso, o atacante santista marcou o gol do seu time, aos 15 minutos de jogo, e o goleiro da Raposa foi decisivo para que o placar não mudasse mais para os visitantes durante o fim do primeiro tempo e, principalmente, no segundo; com muito reflexos e defesas seguras.

Enquanto Fábio decidia na defesa, Mano Menezes acertava o ataque com os dois suplentes de Barcos: Sassá, que estava entre os reservas como opção enquanto retoma seu preparo físico após lesão, empatou a partida antes mesmo do 1º minuto do segundo tempo, e Raniel, titular do duelo, marcou o gol da vitória, aos 37.

Com a vitória, o Cruzeiro mantém a 7ª colocação, com 35 pontos, seguido do Corinthians, com 34. À sua frente, o Atlético tem 42. O Santos caiu uma posição com a derrota, ficando em 10º, com 33 pontos, seguido pelo América, com 31. À sua frente, o Atlético-PR também tem 33, mas com uma vitória a mais.

O Cruzeiro agora volta sua atenção para a Copa do Brasil. Na quarta-feira, o time recebe o Palmeiras para o jogo de volta da seminifinal. A equipe de Mano Menezes entra em campo no Mineirão com a vantagem de 1 a 0, placar conquistado em São Paulo. Pelo Brasileirão, a Raposa volta a campo domingo, às 11h, diante do mesmo Palmeiras, mas no Pacaembu. Já o Santos recebe o Atlético-PR, também domingo, às 16h.

O JOGO

As equipes começaram a partida pouco ofensivas. A primeira chance veio aos 6 minutos, com jogada de Sobis e Egídio na esquerda, cortada pela zaga santista.

A primeira chance real do Santos terminou em gol. Aos 15, Sanches levantou a bola para Gabriel em uma jogada que parecia uma finalização errada; e, de cabeça, o atacante mandou para o fundo do gol, sem chances para Fábio. O tento foi o 13º do santista no Brasileiro, o mantendo na artilharia da competição. Foi também seu 200º gol pelo time praiano.

O Santos ainda teve duas chances de ampliar o placar na primeira etapa, ambas com Rodrygo. Na primeira, acertou o travessão em cobrança de falta. Na outra, recebeu passe na marca do pênalti, mas finalizou sobre Fábio, que fez a defesa.

Do outro lado, Vanderlei também fez duas boas defesas: pegou um chute de David dentro da área e uma cabeçada de Murilo, depois que a bola acertou a trave. Mas nada que mudasse o placar até o intervalo.

Na volta do segundo tempo, Mano Menezes promoveu duas alterações essenciais para a vitória: Robinho, no lugar de Éderson, e Sassá, na vaga de Rafael Sobis. E o resultado foi imediato. Aos 45 segundos de bola rolando, Edilson cruzou da direita, Sassá subiu mais que Alison e empatou de cabeça. OUÇA O GOL!

O segundo tempo foi de tentativas para os dois lados, com mais risco de gols para a equipe santista, que parou no paredão azul. Fábio fez, no mínimo, quatro defesas importantes na etapa complementar.

Antes do placar chegar aos 40 e ir para a contagem regressiva do término da partida, Raniel, aos 37, também de cabeça, virou o jogo e pôs fim à sequência de empates celestes. OUÇA O GOL!

Cruzeiro 2 x 1 Santos

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Manoel, Murilo (Léo) e Egídio; Éderson (Robinho), Bruno Silva e Ariel Cabral; Rafael Sobis (Sassá); David e Raniel. Técnico Mano Menezes.

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Robson Bambu, Luiz Felipe e Dodô; Alison (Yuri), Carlos Sánchez (Bryan Ruíz) e Diego Pituca; Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique (Copete). Técnico Cuca.

Gols: Gabriel (15'/1º); Sassá (0'/2º) e Raniel (37'/2º)

Cartões amarelos: Murilo, Egídio (Cruzeiro); Victor Ferraz e Dodô (Santos)

Motivo: 26ª rodada do Campeonato Brasileiro Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG) Data e horário: 23 de setembro de 2018, domingo, às 19h (de Brasília)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC) Assistentes: Helton Nunes (SC) e Neuza Inês Back (SC) Adicionais: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ) e Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Público Presente: 9.029 Público Pagante: 5.583 Renda: R$ 78.179,50

.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square