Casos suspeitos de sarampo são investigados em quatro cidades do Centro-Oeste de Minas

Quatro cidades do Centro-Oeste de Minas têm casos suspeitos de sarampo em investigação. Segundo o último relatório sobre a doença no Estado, divulgado na última quinta-feira (30) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), há oito notificações ainda não descartadas na região.

Conforme a SES, Divinópolis lidera a lista com três ocorrências sob suspeita, seguida por Pará de Minas, com duas notificações, Lagoa da Prata com uma suspeita e Papagaios, também com uma suspeita.

Neste ano, ainda não foram confirmados casos de sarampo em Minas Gerais. Até o final de agosto, a secretaria contabilizava o recebimento de 214 notificações, mas 133 casos já foram descartados. No Centro-Oeste mineiro, das 18 notificações recebidas desde janeiro, 13 foram descartadas.

No dia 31 de agosto, foi encerrada a campanha nacional de multivacinação contra o sarampo e a poliomielite. Contudo, como a meta do Ministério da Saúde era que todos os municípios imunizassem 95% do público-alvo, a mobilização foi prorrogada até sábado (1º).

A doença

A transmissão do sarampo ocorre de pessoa a pessoa por meio de secreções presentes na saliva. Na presença de pessoas não imunizadas ou que nunca apresentaram sarampo, a doença pode manter-se em níveis endêmicos, produzindo epidemias recorrentes.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM