Mulher morre após ser espancada dentro de casa em Piumhi; ex-parceiro foi detido

Uma mulher de 40 anos morreu na manhã desta terça-feira (7) após ter sido espancada dentro de casa em Piumhi. A Polícia Militar (PM) informou que foi acionada por vizinhos, que a ouviram gritar pedindo ajunda.

De acordo com a PM, a vítima, que era esteticista e empresária, chegou a ser socorrida e levada ao pronto-socorro, mas não resistiu e faleceu no local. O ex-parceiro da empresária, que não teve a idade divulgada, foi detido suspeito de ser o mandante do crime, tratado pela polícia como feminicídio - termo usado para crime de ódio baseado no gênero, amplamente definido como o assassinato de mulheres.

De acordo com a Polícia Civil, que instaurou inquérito para investigar o caso, a suspeita é que ele tenha pago outra pessoa para ir até o local e cometer o crime. As câmeras de segurança da região registraram um indivíduo chegando ao local de moto, por volta de 7h da manhã ,com as placas cobertas e poderão ajudar na investigação.

O corpo da mulher foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Passos e liberado para a família. O suspeito do crime está preso na delegacia de Piumhi.

Violência doméstica

Nesta terça-feira, a Lei 11.340, mais conhecida como Maria da Penha, completa 12 anos de publicação. A legislação foi criada para punir autores de violência no ambiente familiar e o nome faz homenagem a uma das vítimas do tipo de agressão no país.

Em lembrança a data, a Polícia Civil de Minas Gerais desencadeou, na manhã desta terça, a Operação “Penha”, com o objetivo de combater a violência contra a mulher. De acordo com a assessoria da Polícia Civil em Belo Horizonte, foram expedidos nove mandados de prisão, busca e apreensão para a regional de Divinópolis e uma pessoa havia sido presa até o início da tarde.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM