Victor acredita em Chape mais aberta no jogo de volta para Atlético buscar vaga na Copa do Brasil

O Atlético parou na retranca da Chapecoense e não saiu do 0 a 0, nesta quarta-feira, no Independência, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Apesar do maior volume de jogo do Galo, a forte marcação da equipe catarinense acabou prevalecendo.

O goleiro Victor, que só fez uma defesa importante na partida em um chute de Wellington Paulista aos 36 minutos do segundo tempo, lamentou o fato de o Atlético não ter conseguido furar o bloqueio do adversário.

“A gente sabia da proposta defensiva deles. Jogamos praticamente os 90 minutos dentro do campo deles, que ficaram o tempo todo com os jogadores atrás da linha da bola. Usamos todas as variáveis trabalhadas. Jogamos para vencer, mas hoje a proposta defensiva foi mais feliz”, observou.

No entanto, o goleiro atleticano acredita que no duelo da volta, marcado para daqui a duas semanas, dia 16 de maio, na Arena Condá, a Chapecoense terá que sair para o jogo, o que poderá facilitar as coisas para o time alvinegro. “O gol não saiu, mas está em aberto. Acredito que lá eles não ficarão 90 minutos se defendendo como foi aqui no Independência”, finalizou.

No confronto em Chapecó, o Atlético precisará de uma vitória simples para se classificar às quartas de final. Como não existe mais o critério gol qualificado fora de casa na Copa do Brasil, em caso de empate por qualquer placar, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Agora, o Atlético volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. No sábado, às 19h, a equipe alvinegra enfrenta o São Paulo, no Morumbi, pela quarta rodada da competição.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM