Atlético recebe Ferroviário-CE tentando abrir vantagem na quarta fase da Copa do Brasil

Embalado pela vitória sobre o Cruzeiro no primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro, o Atlético não teve muito tempo para comemorar o triunfo no clássico e volta as atenções para a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, às 19h30, a equipe alvinegra recebe o Ferroviário-CE, no Independência, pelo jogo de ida da quarta fase da competição nacional.

Henrique, comentários de Junior Brasil e reportagens de Cláudio Rezende, Álvaro Damião e Rubens Junior.

Com seis vitórias nos últimos sete jogos, sendo quatro consecutivas, o Galo entra em campo com o objetivo de fazer um bom placar no Horto e levar a vantagem para o segundo duelo, marcado para o dia 18 de abril, no estádio Castelão, em Fortaleza (CE).

A igualdade no placar agregado leva a decisão para os pênaltis. Vale lembrar que neste ano não vale mais o critério do gol qualificado fora de casa na Copa do Brasil.

Atlético e Ferroviário se enfrentaram uma única vez na história. Foi no dia 25 de janeiro de 1981, pela Série A do Campeonato Brasileiro. Tubarão e Galo empataram em 1 a 1 no Castelão. Jacinto marcou para os cearenses, enquanto Jorge Luís, contra, fez o gol do Atlético. O time coral perdeu a chance de vencer a partida ao desperdiçar uma cobrança de pênalti.

O nome mais conhecido do time cearense é o atacante Mota, campeão da Tríplice Coroa com o Cruzeiro em 2003. No Ferroviário, o jogador de 37 anos vem atuando mais recuado como um meia-atacante.

Para enfrentar o Atlético na quarta fase, o Ferrão, como é mais conhecido o Ferroviário, eliminou Confiança-SE, Sport e Vila Nova-GO. Em quatro partidas até aqui foram duas vitórias e dois empates.

Mas a boa fase dos cearenses na Copa do Brasil contrasta com o péssimo desempenho da equipe no Campeonato Cearense e na Copa do Nordeste, torneios em que o clube já foi eliminado. Nos últimos 12 jogos, o Ferroviário venceu apenas um (Vila Nova-GO, na Copa do Brasil), empatou quatro e perdeu sete (19,4% de aproveitamento).

“O Ferroviário abandonou as outras competições e está voltado só para a Copa do Brasil. Eles têm lados interessantes, jogadas interessantes e deixam bem claro que vão dar tudo na Copa do Brasil. Eles já tiraram equipes grandes também, então, a gente sabe a responsabilidade que é, mas ficamos muito felizes pelo nosso crescimento”, observou o lateral-direito Patric.

O recém-contratado goleiro Gleibson, é a novidade na lista de relacionados do Ferroviário, que dispensou cinco jogadores após as eliminações na Copa do Nordeste e no Campeonato Cearense.

No Atlético, o técnico Thiago Larghi poupou o zagueiro Leonardo Silva, os volantes Adilson e Elias e o atacante Luan. Na zaga, Bremer e Felipe Santana lutam pelo lugar ao lado de Gabriel. Já no meio-campo Arouca, Yago e Gustavo Blanco disputam as duas vagas abertas. No ataque, Tomás Andrade é o favorito a começar a partida com Erik correndo por fora.

Atlético x Ferroviário-CE

Atlético: Victor; Patric, Bremer (Felipe Santana), Gabriel e Fábio Santos; Arouca, Gustavo Blanco (Yago), Otero, Cazares e Tomás Andrade (Erik); Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi

Ferroviário-CE: Léo; Amaral, Erandir, Túlio e Sávio; Mazinho, Liniker, Janeudo e Jean; Andrei e Luís Soares. Técnico: Ademir Fonseca

Motivo: jogo de ida – 4ª fase da Copa do Brasil Data: 4 de abril de 2018, quarta-feira, às 19h30 Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Vinicius Furlan (SP) Auxiliares: Herman Brumel Vani (SP) e Vitor Carmona Metestaine (SP)

Posts Em Destaque
Posts Recentes