Prefeitura renova parceria para execução do projeto Revelando o Patrimônio

Proposta é ampliar conhecimentos e contribuir com a preservação da história do município

Itaúna está entre as cidades mineiras que vão participar, pelo segundo ano, do programa “Revelando o Patrimônio”, que integra o projeto Conexão Comunidade, desenvolvido pela VLI. A Prefeitura renovou a parceria com a empresa para a realização das atividades, que envolvem estudantes de escolas públicas. A proposta de incentivar a ampliação dos conhecimentos sobre a história e a preservação da memória do Município.

Na primeira etapa, prevista ainda para este semestre, os profissionais da Educação são capacitados para as abordagens do tema nas salas de aulas. Depois, os professores criam projetos junto aos alunos, a partir de pesquisas, que podem contemplar um imóvel antigo ou festas típicas, por exemplo. Por fim, é organizada uma mostra para apresentação dos trabalhos a toda a comunidade.

“Trata-se de uma iniciativa muito interessante e importante, pois, estimula as crianças e adolescentes a descobrirem a cidade, os fatos históricos e os prédios que fazem parte de todo esse contexto. E conhecer é o primeiro passo para valorizar e contribuir para a manutenção dos bens materiais e imateriais”, comenta a secretária municipal de Educação e Cultura, Alessandra Nogueira Santos Araújo.

Resultados positivos em 2017

O projeto Revelando o Patrimônio chegou a Itaúna em agosto de 2017, por meio da parceria da Secretaria Municipal de Educação e Cultura com a VLI. No mês de novembro, alunos e professores das escolas municipais Dona Dorica e Professora Celuta das Neves apresentaram os trabalhos desenvolvidos em exposição, na Praça Doutor Augusto Gonçalves. Os estudantes das duas instituições de ensino abordaram, respectivamente, as atividades desenvolvidas na oficina de padaria e as pesquisas sobre o Candombe, que representa a face feminina do Reinado de Itaúna.

Para a concretização do “Revelando o Patrimônio”, foi oferecido curso de formação dos professores, seguido pelo acompanhamento e orientações, presenciais e à distância. Também houve oficina de fotografia e visita guiada. Os resultados das ações desenvolvidas junto às crianças e adolescentes puderam ser vistos na Praça da Matriz, sob a forma de fotos, cartazes, jornais e panfletos, entre outros instrumentos de socialização.

Essa foi mais uma iniciativa com o propósito de sensibilizar a população, com foco especial nas novas gerações, sobre a importância da preservação dos bens históricos e da memória de Itaúna. As atividades reforçaram as ações executadas desde o início de 2017, pelo Departamento de Cultura, com o Programa de Educação Patrimonial, que já envolveu mais de 700 meninos e meninas.

Posts Em Destaque
Posts Recentes