Novo reajuste no preço do gás revolta associação de revendedores: 'É um absurdo'

O reajuste de 4,7% no preço do gás de cozinha para embalagens acima de 13 quilos, que passou a valer nesta terça-feira, revolta consumidores e também o presidente da Associação Brasileira de Revendedores de Gás, Alexandre Borjali. Com o novo aumento, o preço do cilindro de 46kg pode passar de R$ 350 em alguns estabelecimentos.

OUÇA AQUI A ENTREVISTA COMPLETA DE BORJALI COM MÔNICA MIRANDA!

“A Petrobras está distribuindo, não só a venda de ativos, até dinheiro para os seus acionistas. Vai distribuir agora R$ 2,5 bilhões, R$ 1,5 bilhão. Uma loucura e a população está pagando caro por essa conta. É um absurdo e há falta de interferência do Governo Federal em olhar isso. O (preço do) gás subiu 85% em quase seis meses do ano passado. O povo não está conseguindo comprar mais e está buscando alternativas perigosas como lenha, serragem e máquinas com álcool e gasolina.

Ágio de 50%

Segundo o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás), a nova correção de preços foi comunicada às suas empresas associadas na tarde dessa segunda-feira pela companhia.

A entidade acrescentou que, com o reajuste, o ágio praticado pela Petrobras subiu para 50,3% em relação ao preço praticado no mercado internacional. Para o Sindigás, “esse ágio vem pressionando ainda mais os custos de negócios que têm o GLP entre seus principais insumos, impactando de forma crucial empresas que operam com uso intensivo de GLP”.

De acordo com o Sindigás, para o segmento empresarial de GLP a prática de preços da Petrobras é incompreensível, por não acompanhar as flutuações do mercado internacional, que apresentou queda de 7,9% em janeiro e 8,2% em fevereiro, e em março já acumula queda de 6,6%.

“Já o preço da Petrobras para o segmento empresarial registrou queda menor do que a do mercado internacional em janeiro e fevereiro, de 6,3% e 4,6%, respectivamente”, concluiu a nota da entidade.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM