Com vantagem, Cruzeiro abre semifinal do Mineiro contra o Tupi, em Juiz de Fora

Após eliminar o Patrocinense, no último fim de semana, o Cruzeiro volta a campo nesta quarta-feira, às 21h45, para enfrentar o Tupi, em Juiz de Fora, iniciando a briga por uma vaga na decisão do Campeonato Mineiro. Como fez a melhor campanha na fase de classificação, a Raposa tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais – dois empates ou uma vitória e uma derrota pela mesma diferença de gols – para avançar à final.

A partida colocará frente a frente os dois melhores ataques do Estadual. Líder absoluto da fase de classificação, o time celeste marcou 22 gols. Quarto colocado na primeira fase, o Galo Carijó balançou as redes 19 vezes e é o dono da maior goleada até agora: 7 a 1 sobre o Democrata-GV, em Juiz de Fora, na última rodada da fase classificatória.

Mas apesar do ataque positivo do Tupi, o meio-campo Robinho espera um adversário retrancado, assim como vem acontecendo nos jogos do Cruzeiro. “Eu acredito que o Tupi deve esperar e tentar jogar no contra-ataque. O Campeonato Mineiro é assim, as equipes vêm jogando dessa forma contra o Cruzeiro. Eles estão certos. Mas estamos preparados, porque o campeonato todo foi desse jeito”, comentou.

O técnico Mano Menezes fez mistério e não confirmou qual time entrará em campo no estádio Mário Helênio. As únicas certezas são as ausências de Arrascaeta, a serviço da seleção do Uruguai em amistosos, e Léo, que cumprirá a última partida de suspensão pela cotovelada em Ricardo Oliveira no clássico contra o Atlético.

Recuperado de um incômodo no joelho direito, o atacante Raniel treinou normalmente nesta terça-feira e provavelmente será mantido na equipe titular. Já Fred fez atividade com bola mais uma vez, mas deve ser relacionado somente para o jogo de volta, domingo, às 11h, no Mineirão.

Assim, a tendência é que o Cruzeiro jogue com o mesmo time que venceu o Patrocinense, no último fim de semana, pelas quartas de final.

Mas o time celeste terá uma preocupação a mais para administrar durante o confronto: o número de atletas pendurados com dois cartões amarelos. São cinco no total. Quatro deles devem ser relacionados para a partida desta quarta no estádio Mário Helênio: o goleiro Fábio, os volantes Ariel Cabral e Mancuello e o atacante Raniel. Recuperando-se de dores no joelho direito, o lateral-direito Edílson completa a lista.

No Tupi, o zagueiro Matheus e o atacante Vitinho, que não atuaram na classificação sobre o Tombense porque estavam contundidos, devem estar à disposição novamente do técnico Ricardo Leão.

Acompanhe, a partir das 21h05, a Jornada Esportiva da Itatiaia, com o 1º Time do Rádio. Narração de Alberto Rodrigues, comentários de Cadu Doné e reportagens de Samuel Venâncio e Álvaro Damião.

Tupi x Cruzeiro

Tupi: Villar; Rodrigo Dias, Sidimar, Wellington e Patrick Brey; Léo Costa, Léo Salino, João Vítor e Tchô; Reis e Renato Kayser. Técnico: Ricardo Leão

Cruzeiro: Fábio; Lucas Romero, Murilo, Dedé e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Rafinha e Thiago Neves; Raniel. Técnico: Mano Menezes

Motivo: jogo de ida – semifinais do Campeonato Mineiro Data: 21 de março de 2018, quarta-feira, às 21h45 Local: Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)

Árbitro: Wanderson Alves de Souza Auxiliares: Luiz Antônio Barbosa e Marcyano da Silva Vicente Adicionais: Ronei Cândido Alves e Flávio Henrique Coutinho Teixeira

Posts Em Destaque
Posts Recentes