Atlético volta a jogar mal, mas arranca empate com Atlético-AC e avança na Copa do Brasil

Foi no sufoco, mas o Atlético se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil. Assim como nas últimas partidas, o time alvinegro jogou mal e por pouco não deu vexame logo na estreia no torneio nacional, nesta quarta-feira, na Arena da Floresta, em Rio Branco, no Acre. Logo no início do jogo, o Galo sofreu gol do modesto Atlético-AC, resultado que eliminaria os mineiros, mas a equipe conseguiu buscar o empate no fim da primeira etapa e se beneficiou pelo regulamento que prevê a classificação do clube melhor posicionado no ranking da CBF em caso de igualdade no placar.

Empurrado pela torcida, o Atlético-AC foi para cima nos minutos iniciais e abriu o placar com o zagueiro João Marcos logo aos seis minutos. Após rebote de escanteio, o defensor aproveitou cruzamento na medida para cabecear para as redes.

No fim do primeiro tempo, Erik empatou para os mineiros. Em rápido contra-ataque, Róger Guedes avançou pela esquerda, driblou o marcador e bateu. O goleiro espalmou dando rebote para Erik que, de frente para o gol, chutou no canto. O atacante começou na vaga de Cazares, que ficou no banco de reservas por decisão de Oswaldo de Oliveira.

No segundo tempo, o time acreano quase fez o segundo ao mandar uma bola na trave. O Atlético, por sua vez, teve duas chances claras para virar a partida. Primeiro com Ricardo Oliveira, que pegou rebote na marca do pênalti, mas chutou em cima do zagueiro. Depois foi a vez de Elias. Luan lançou Marco Túlio na área, o meia-atacante esticou a perna tocando para trás para o volante, que chegou um pouco atrasado e, de carrinho, mandou para fora com o gol aberto.

Com a classificação, o Atlético embolsou R$ 1,2 milhão. Na segunda fase da Copa do Brasil, o Galo irá enfrentar o Botafogo-PB, que eliminou o Floresta-CE. A partida acontecerá no dia 20 ou 21 de fevereiro, em João Pessoa, na Paraíba. O duelo também será disputado em jogo único, mas, em caso de empate, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Agora, o Atlético volta as atenções para o Campeonato Mineiro. No sábado de carnaval, às 16h30, o time alvinegro recebe a Caldense, no Independência, pela sexta rodada.

Atlético-AC 1 x 1 Atlético

Atlético-AC: Raphael Barrios; Matheus Damasceno, Diego, João Marcos e Jeferson; Leandro Jucá (Wilson), Kássio e Ancelmo (Luiz Henrique Psica); Araújo Jordão (Eduardo), Rafael Barros e Polaco. Técnico: Álvaro Miguéis

Atlético: Victor; Samuel Xavier, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Arouca (Adilson) e Elias; Otero, Erik (Marco Túlio) e Róger Guedes (Luan); Ricardo Oliveira. Técnico: Oswaldo de Oliveira

Motivo: 1ª fase da Copa do Brasil (jogo único) Data: 7 de fevereiro 2018, quarta-feira, às 21h45 Local: Arena da Floresta, em Rio Branco (AC)

Gols: João Marcos (6’/1º), Erik (43’/1º)

Cartão Amarelo: Samuel Xavier, Elias, Otero (Atlético); Leandro Jucá, Matheus Damasceno, Jeferson (Atlético-AC)

Árbitro: João Batista de Arruda (RJ) Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Luiz Antônio Muniz de Oliveira (RJ)

atléticocopa do brasilAtlético-AC

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM